Mais lidas
Cotidiano

Gaeco localiza R$ 20 mil que podem ter sido pagos para liberação de preso  

.

Gaeco localizou R$ 20 mil que podem ter sido pagos para liberação de preso - Foto: Reprodução/Imagem Ilustrativa
Gaeco localizou R$ 20 mil que podem ter sido pagos para liberação de preso - Foto: Reprodução/Imagem Ilustrativa

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) apreendeu, nesta segunda-feira (31), R$ 20 mil que estavam dentro de uma gaveta na Delegacia de Estelionato (DE) de Curitiba. A principal suspeita é de que um preso repassou o dinheiro a um policial civil para ser liberado.

De acordo com o procurador Leonir Batisti, que coordena o Gaeco, o policial envolvido ainda não foi preso, mas já está identificado. “Nós temos uma suspeita firme sobre quem é essa pessoa. As investigações começaram depois que recebemos uma denúncia anônima de que haveria um acerto na delegacia, motivada pela prisão de um indivíduo armado, que seria batedor de um veículo que transportava cigarros”, afirmou ele ao portal Banda B.

Com a informação de que a negociação aconteceria nesta segunda, o Gaeco realizou a operação na DE, apreendendo cerca de R$ 20 mil e a arma do preso. A ação do Gaeco contou com o apoio da Corregedoria da Polícia Civil e da Delegacia de Estelionato, que continuam a investigar o caso.

Nota da Polícia Civil
Em nota, a Polícia Civil informou que a Corregedoria Geral acompanhou a operação deflagrada na manhã desta segunda pelo Gaeco. Paralelamente ao inquérito policial (IP), será aberto um procedimento administrativo disciplinar para apurar o caso.

A direção enfatizou que qualquer ato em desconformidade com as regras de conduta contidas nas leis e no estatuto da Polícia Civil será rigorosamente apurado pela instituição.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber