Cotidiano

Post do Facebook faz alerta sobre explosão com água no microondas. Será verdade? Descubra

Da Redação ·
Será que há risco de explosão com água no microondas?  (Foto: Reprodução)
Será que há risco de explosão com água no microondas? (Foto: Reprodução)

Nas redes sociais, sempre há vários relatos de casos, muitas das vezes falsos, sobre possíveis perigos que podem ocorrer de forma corriqueira dentro de nossa própria casa. O mais recente deles é de pai que conta o caso de seu filho, que ao ferver uma xícara de água no microondas teve queimaduras de 3º grau ao introduzir no recipiente, café solúvel.

continua após publicidade

A imagem que está circulando pelas redes sociais de um jovem com o rosto queimado e todo enfaixado, não pertence ao tal caso, pois, logo embaixo está escrito que a imagem é apenas ilustrativa e não a do caso realmente. 

Post do Facebook faz alerta sobre explosão com água no microondas. Será verdade? Descubra fonte: Reprodução

Porém, há sim o risco de que a água que esquentamos no microondas possa explodir ao ter algum outro objeto que tenha uma formação irregular para a passagem mesmo que microscopia de ar ou produto colocado nela, mesmo que ela aparentemente não tenha fervido. O caso se dá pelo simples fato de que assim que a temperatura do liquido atinge acima de 100°C, e ela não ferve para o estado gasoso, essa água acaba superaquecendo e assim que ela entra em contato com outro produto como o açúcar ou o café que proporcione oxigênio para a formação do próximo estágio que seria o gasoso, as bolhas se formam e explodem.

continua após publicidade
Post do Facebook faz alerta sobre explosão com água no microondas. Será verdade? Descubra fonte: Reprodução

O curioso nessa mudança de estágio ocorrida pela temperatura da água é que a 'explosão' não é tão grande a ponto de ferir seriamente alguém, a não ser que essa pessoa esteja muito próxima do líquido ou segurando a xícara em mãos.

O aconselhável, caso haja a necessidade de se ferver a água no microondas é de que seja introduzido um objeto dentro da xícara (pode ser até um pedacinho de madeira, como um hashi, mas não utilize objetos de metal, como colheres ou outros talheres) para que essa formação de bolhas que derivam do superaquecimento, ocorra dentro do próprio eletrodoméstico, evitando assim um risco de possíveis ferimentos.