Cotidiano

Por não tomar café da manhã, mulher é obrigada a fazer cirurgia para remover 200 pedras de seu corpo

Da Redação ·
A operação foi realizada no Hospital de Guangji, na China. (Foto: Divulgação)
A operação foi realizada no Hospital de Guangji, na China. (Foto: Divulgação)

Uma mulher teve mais de 200 pedras removidas de seu corpo.  A operação foi realizada no Hospital de Guangji, na China. A maioria das pedras foram removidas do fígado e da vesícula.

continua após publicidade

Os médicos afirmaram que um dos grandes motivos da paciente acumular tantas pedras é não tomar café da manhã regularmente. A mulher manteve esse hábito por 10 anos, o que acarretou em incômodos na região do abdômen, até se tornar em dores insuportáveis.

Por não tomar café da manhã, mulher é obrigada a fazer cirurgia para remover 200 pedras de seu corpo fonte: Reprodução

Ela foi submetida a uma operação que durou mais de seis horas e meia. A mulher afirmou aos médicos que não procurou um hospital antes por medo de saber o que poderia ter.

continua após publicidade

"Quando não se toma café da manhã, a vesícula não se consegue expandir, levando a uma acumulação da bílis. Consequentemente, leva a níveis elevados de cálcio", afirmou o médico Quan Xuwei ao jornal Metro.