Cotidiano

Cães são salvos de fábrica de carne na Coreia do Sul

Da Redação ·
Cães foram salvos pela Humane Society International, organização global de proteção animal. (Foto: Divulgação)
Cães foram salvos pela Humane Society International, organização global de proteção animal. (Foto: Divulgação)

Mais de cem cães, incluindo filhotes, foram salvos da morte pelo grupo Humane Society International (HSI), que atua na proteção de animais em todo o mundo.

continua após publicidade

Os cachorros estavam presos em jaulas numa fábrica de carne na cidade de Yesan, na Coreia do Sul. Eles seriam vendidos para uma feira de carne, onde milhares de cães são abatidos.

Os habitantes da cidade sul-coreana acreditam que a mistura da carne de cão com outras carnes contribui para a melhora do fluxo sanguíneo e a resistência as temperaturas elevadas do verão.

continua após publicidade
Cães são salvos de fábrica de carne na Coreia do Sul fonte: Reprodução

O resgaste aconteceu, pois, a HSI foi avisada da situação pelo dono da fábrica. E não pense que foi uma boa ação, o proprietário do estabelecimento resolveu mudar o segmento dos negócios de cães para corvos.

Desde 2014, a HSI já fechou mais de nove fabricas de consumo de carne canina, salvando mais de mil cães nesse período. Infelizmente esse número é pequeno perto da ‘matança’ de cães na Coreia do Sul, que passa dos dois milhões por ano.