Cotidiano

Rivalidade entre cães e gatos: Ela realmente existe?

Da Redação ·
É possível ter uma boa convivência entre cães e gatos? (Foto: Pixabay)
É possível ter uma boa convivência entre cães e gatos? (Foto: Pixabay)

Não é de hoje que existe um mito de que cães e gatos não se dão bem, muito menos teriam alguma chance para tal. Essa rivalidade toda é inclusive, alvo de muitos desenhos animados e até mesmo grandes produções que corroboram para que haja sempre um ar de inimizade entre as duas espécies. Essa briga entre felinos e caninos inclusive já originou ditados e brincadeiras, mas o porquê disso poucas pessoas o sabem.

continua após publicidade

Muitos veterinários acreditam que dado ao fato de que os gatos se movimentem muito rapidamente, acabam instigando o lado caçador dos cães que ficam loucos ao ver um objeto ou algo a ser perseguido. Já os bichanos são animais extremamente territoriais, não suportando qualquer tipo de intruso em sua área de domínio, assim sendo, a grande maioria dos cães acaba invadindo o local alheio aos olhos dos gatos, despertando a desconfiança e possível raiva neles.

Rivalidade entre cães e gatos: Ela realmente existe? fonte: Reprodução

MANTER A PAZ É POSSÍVEL

continua após publicidade

Porém, ao contrário do que a grande maioria imagina, a convivência pacífica entre ambos é possível, mas deve ser algo inserido na vida dos mesmos ainda filhotes, de acordo com a veterinária Hélia Moura. "Nós sempre indicamos que haja um relacionamento entre os bichinhos na casa mais tranquila quando eles ainda são bebês, pois, assim, conforme eles vão crescendo já existe a adaptação."

Mas quando os pets são adultos há também a possibilidade, ainda que mais difícil, de que esse relacionamento seja harmonioso. "Indicamos para todos aqueles que querem adotar ou comprar uma espécie diferente da que já possuí, um cuidado redobrado quando for apresentar um ao outro. Claro que não existe uma fórmula perfeita, mas com amor e carinho é muito mais fácil que essa adaptação a um novo companheiro seja feita com sucesso.", finaliza a veterinária.