Mais lidas
Cotidiano

Segredo das pirâmides da cidade fantasma de Teotihuacan é revelado por pesquisadores

.

Pirâmide da Lua é a segunda maior pirâmide na cidade de Teotihuacan - Foto: Alain Jocard/Getty Images
Pirâmide da Lua é a segunda maior pirâmide na cidade de Teotihuacan - Foto: Alain Jocard/Getty Images

Os cientistas do Instituto Nacional de Antropologia e História do México descobriram com ajuda de computadores um túnel embaixo da famosa Pirâmide da Lua na cidade de Teotihuacan, no México. Supõe-se que antes pudesse ser enfeitada com objetos emblemáticos usados em rituais.

"A descoberta confirmou que os habitantes da Teotihuacan, ao construírem seus templos gigantescos, seguiam o mesmo modelo. Estas instalações tinham por objetivo imitar o mundo inferior", detalhou a arqueóloga Veronica Ortega à CNN. O túnel é de 103 metros de comprimento e, no momento, os cientistas avaliam a possibilidade de realizar escavações na área.

Pirâmide da Lua é a segunda maior pirâmide na cidade de Teotihuacan - Foto: Alain Jocard/Getty Images

Povo dizimado
A Pirâmide da Lua é a segunda maior pirâmide na cidade de Teotihuacan. A cidade viveu seu apogeu no século II D.C., mas passados 500 anos a cidade foi misteriosamente destruída e todos os seus habitantes desapareceram. Atualmente, as famosas pirâmides de Teotihuacan (a 50 quilômetros da Cidade do México) atraem diariamente milhares de turistas.

Centro da praça
A PhD em Geofísica Denisse Argote Espino acrescentou que "as imagens preliminares sugerem que uma reta com dez metros de profundidade seria o centro da praça para a Pirâmide da cavidade Lua".


 Ação de saqueadores
Na década de 70, quando o bueiro sob a Pirâmide do Sol foi encontrado, os especialistas perceberam que o local havia sido saqueado há centenas de anos, possivelmente no século XVI. A Pirâmide da Lua foi construído em sete etapas. A primeira começou no ano 100 aC e a última em 450 dC.

Teotihuacán é uma cidade monumental carregada de simbologias
Foto: Sete Malas

"Lugar onde os Deuses foram criados"
Conhecida como “o lugar onde os deuses foram criados“, Teotihuacán é uma cidade monumental carregada de simbologias. Estudiosos afirmam também que esta já foi a maior cidade do mundo (com cerca de 180 mil hyabitantes) e que, durante algumas centenas de anos, Teotihuacán foi o mais importante centro cultural, político e religioso da América Central. Suas primeiras escavações tiveram início em 1884.

Abandono e mistérios
Não só a construção, mas o abandono de Teotihuacán também é todo carregado de mistérios. Fala-se em incêndio, falta de alimentos, invasão, ou qualquer outro motivo que fez com que seus habitantes deixassem o local de forma repentina e violenta.

Lenda dos cinco sóis e eclipses
Uma lenda que se ouve por lá é que em Teotihuacán há cinco sóis (e cinco eclipses). Diz-se que o Primeiro Sol (um animal) teria destruído a primeira geração de homens, o Segundo Sol (o vento) teria destruído a geração seguinte, o Terceiro Sol (o fogo) teria destruído a terceira geração, e a quarta teria sido destruída pelo Quarto Sol (a água). E o Quinto Sol teria sido criado em Teotihuacán e tem relação justamente com a profecia do fim do mundo.

Veja abaixo um vídeo intrigante e enigmático
de Eduardo Scoto sobre Teotihuacán



×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber