Mais lidas
Cotidiano

Beto Richa entrega 466 novas viaturas personalizadas para municípios do Paraná

.

Beto Richa entrega mais 466 novas viaturas para a Polícia Militar e Polícia Civil do Paraná - Foto: Orlando Kissner/ANPr
Beto Richa entrega mais 466 novas viaturas para a Polícia Militar e Polícia Civil do Paraná - Foto: Orlando Kissner/ANPr

O governador do Paraná, Beto Richa, e o secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária Wagner Mesquita entregaram nesta terça-feira (27) mais 466 novas viaturas para as polícias Militar, Civil e Científica do Paraná. Personalizados com o nome do município onde ficarão baseados, os veículos seguirão para todas as regiões do Paraná. As unidades são as primeiras viaturas de um lote de 1.100 veículos adquiridos pelo Governo do Estado. As demais serão entregues nos próximos meses. O investimento é de R$ 112,3 milhões

Richa ressaltou que desde 2011 o Governo do Estado ampliou a frota de segurança com 3.000 novas viaturas, a maior parte adquirida com recursos do tesouro (2.600 unidades), outras em parceria com órgãos estaduais e federais e também 250 unidades locadas para reforçar policiamento em Curitiba, Região Metropolitana e Litoral. 

“Mais uma vez demonstramos, na prática, o nosso compromisso com investimentos consistentes para a segurança dos paranaenses, para reforçar e melhorar as condições de trabalho das polícias”, afirmou o governador. 

PARANÁ SEGURO
Richa lembrou que a ampliação da frota de viaturas integra as ações do Paraná Seguro, o único programa de investimentos em segurança pública já executado pelo Estado, que reúne uma série de iniciativas para combater o crime. Entre as ações está a contratação de 11 mil novos policiais, a maior da história do Estado. 

“Estamos dando um choque de gestão, fazendo mais e melhor e gastando menos”, afirmou o governador. Ele ressaltou o ajuste fiscal, que garantiu o equilíbrio nas contas públicas e permitiu a retomada dos investimentos. “Todos os dias temos ações positivas que nos dão mais certeza do que fizemos aqui no Paraná foi bem sucedido.” 

Das 466 unidades, 457 vão para a Polícia Militar e Polícia Civil - Foto - AEN

MOBILIDADE
Das 466 unidades, 457 vão para a Polícia Militar e Polícia Civil. Outras nove são para a Polícia Científica, recebidas da Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça. Ao todo são 12 viaturas, sendo que três já estão em serviço. 

O secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita, disse que a reestruturação da frota permite a mobilidade necessária aos profissionais da segurança pública e contribui para reforçar as operações sistemáticas e o trabalho preventivo. “As viaturas proporcionarão maior presença das polícias no Paraná, principalmente nos municípios do interior. E para a Polícia Civil e Científica elas ampliam a capacidade de investigação e resposta”, disse. 

MUNICÍPIOS
Adistribuição das novas viaturas foi feita a partir de um planejamento estratégico elaborado pela Polícia Militar e Polícia Civil, tendo como base os índices de criminalidade registrados nos municípios paranaenses e procurando atender todas as regiões do Paraná. O delegado-geral da Polícia Civil, Júlio Reis, explicou que a prioridade é o interior do Estado. 

“É um importante incremento para os trabalhos de busca de informações e investigação. A partir de amanhã as viaturas estarão atuando nas ruas”, afirmou. A PM também identificou os municípios do interior como a principal demanda. 

“A proposta é que todos os municípios recebam um veículo novo. Analisamos a extensão geográfica, demografia e os índices de criminalidade e violência e os municípios apresentaram, neste momento, a maior necessidade”, afirmou o comandante-geral da corporação, coronel Maurício Tortato. 

VIATURAS
Das unidades destinadas à PM e à Polícia Civil, 90 são modelo Toyota/Etios, 20 Renault/Oroch, 117 Fiat/Palio Adventure, 90 Volkswagen/Amarok e 40 Renaut/Duster para a Polícia Militar, e 100 Renault/Duster para a Polícia Civil. As novas viaturas contam com celas humanizadas. Nelas os presos podem ser conduzidos no banco de trás do veículo, dependendo da gravidade do delito. 

Investimentos contribuem para reduzir a violência 
Além dos novos veículos e policiais, o Governo do Estado investiu na aquisição de aparelhos e armamentos especializados para as tropas de segurança. Foram compradas cerca de 1.000 pistolas calibre 9 milímetros da marca Glock (utilizadas pelo FBI e pela Polícia Federal). 

As ações incluem, ainda, compra de equipamentos, investimentos em inteligência e a realização sistemática de operações para prisão de traficantes e combate às drogas. O Atlas da Violência - 2017, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostra que entre 2010 e 2015 o Paraná reduziu a taxa de homicídios em 23,4%. Foi o segundo melhor desempenho no País, atrás apenas do Espírito Santo. 

Foto - AEN

Neste ano, também há estatísticas positivas. O número de homicídios caiu 14.35% no primeiro trimestre na média do Estado, em comparação com o mesmo período de 2016. Na capital a queda foi de 31,5% e na região metropolitana de Curitiba, 29%.

Novas viaturas reforçarão patrulhamento 
Melhoria das condições para o patrulhamento é o aspecto mais destacados pelos prefeitos dos municípios que receberão as viaturas deste lote. 

“Com certeza, essa medida vai ajudar a oferecer mais segurança para a nossa comunidade”, disse José Romualdo Pedro (Lindoeste). Inácio Martins, no Centro-Sul, contava com apenas uma viatura. Agora a sensação de segurança vai aumentar, segundo o prefeito Júnior Benato. “Precisamos ter um veículo confiável no nosso município para que o policiamento faça efetivamente as rondas. Com esse veículo novo, a segurança vai melhorar e também dar mais conforto aos soldados”, disse ele. 

O prefeito de Laranjeiras do Sul,Berto Silva, reconheceu o diálogo constante do Governo do Estado com os municípios e afirmou que isso que garante mais investimentos aos municípios paranaenses. “Todos nós prefeitos, temos a possibilidade de apontar ao Governo do Estado as áreas que mais necessitam de investimentos”, disse ele.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber