Cotidiano

Chaves: saiba como começou o seriado de maior audiência de todos os tempos na América Latina

Da Redação ·
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A unanimidade que o seriado ‘Chaves’ alcançou entre diversas faixas etárias é inegável. O seriado passa diariamente no canal SBT e em poucas vezes na história de sua existência na emissora, deixou de ser exibido. Tido como um clássico da TV Latina, o ‘Chavo del Ocho’ em espanhol, completou 46 anos de existência na semana que se passou.

continua após publicidade

Os motivos pelos quais o humorístico terminou são muitos, desde a saída de personagens principais como Quico e o Seu Madruga — a dupla tentou um seriado próprio na Venezuela, abandonando a ‘vila’ mexicana em 1979, que acarretou uma nova modelação do formato da série e, também podemos enumerar como motivo a idade dos atores que não se encontravam em sua melhor forma física.
Porém, poucas pessoas sabem qual foi o começo de Chaves, que na realidade nunca foi ao ar para ser uma série principal, muito menos era tido como um grande sucesso quando foi lançado. 

A princípio, Chaves nem existiria na carreira de Roberto Bolaños, pois, ele foi contratado pela TV TIM (Televisão Independente do México) em 1970 para produzir conteúdo de apenas meia hora, para serem transmitidos aos sábados, preenchendo assim uma lacuna na tarde da programação.

continua após publicidade

O SUCESSO

Chaves: saiba como começou o seriado de maior audiência de todos os tempos na América Latina fonte: Reprodução

A genialidade dos textos de Bolaños era comparada a de Shakespeare por um de seus ex patrões, o que lhe rendeu o apelido de ‘Chespirito’ no meio televisivo. Não demorou muito para que a TV TIM aumentasse o tempo do ator na TV, lhe concedendo mais meia hora para a produção de outras esquetes humorísticas, levando seu apelido como nome do programa que acabara de ganhar. Assim também nascia Chaves, em 1971, juntamente à Chapolin Colorado, para ser exibido durante o programa do ator. O sucesso alcançado pela série foi tanto que em menos de 2 anos no ar, a Televisa — maior emissora do México — comprou a detentora dos direitos do Chaves, a TV TIM, remodelando o humorístico e aumentando sua qualidade em quesitos como iluminação, figurino e até mesmo imagem.

Chaves: saiba como começou o seriado de maior audiência de todos os tempos na América Latina fonte: Reprodução

O programa que contava com Quico, Seu Madruga, Dona Florinda, Chiquinha e Dona Clotilde como personagens principais foi recorde de audiência em todos os países da América Latina nos 8 anos que se seguiram. Os atores foram convidados por Bolaños a integrarem o elenco por serem notáveis nomes de peças, porém, poucos conhecidos do público. Os interpretes tinham características que os diferenciavam, como, por exemplo, as enormes bochechas de ‘Quico’, que, na verdade, eram uma doença dos músculos faciais do ator e não enchimento como todos pensavam.

continua após publicidade

O COMEÇO DO FIM

O show teve seu ápice em 1977, nos famosos episódios de Acapulco, que poucos sabem, mas também serviu para que o dono da Televisa promovesse seu hotel no litoral mexicano. Os personagens se hospedam no Hotel Continental, destacando todas as belezas do local, fazendo assim uma das maiores propagandas da história de maneira extremamente sutil.

Chaves: saiba como começou o seriado de maior audiência de todos os tempos na América Latina fonte: Reprodução

Com pouco menos de 2 anos de atingir o auge do programa, o ator Carlos Villagrán, interprete do Quico, recebe uma proposta de ter seu próprio show na Venezuela, sendo aceita por ele e deixando um vazio entre os principais personagens da série — a essa altura o personagem de Villagrán, segundo ele mesmo, era tão ou mais querido que Chaves, ferindo assim a amizade entre os dois. Como seu colega, Rámon Valdéz também se despede do humorístico para fazer parte do show de seu amigo na Venezuela. O seriado não dá certo e apenas Valdéz volta ao México, dado ao fato de que Bolaños e Villagrán já haviam se estranhado anteriormente.

continua após publicidade
Chaves: saiba como começou o seriado de maior audiência de todos os tempos na América Latina fonte: Reprodução

Por falta dos personagens de Quico e Seu Madruga, Bolaños resolve dar um novo salto no escuro e incluir na série novidades como Dona Neves — mesma interprete de Chiquinha, Maria Antonieta de Las Nieves — e abrir o famigerado restaurante de Dona Florinda, explorando um novo contexto para o programa. A entrada de Jaiminho também foi bem-vinda, o carteiro de Tangamandápio que ficou conhecido por sua preguiça ao não entregar suas cartas com a justificativa de que "queria evitar a fadiga", preenchendo assim o espaço deixando por Villagrán e Valdéz - esse último que voltara ao show, mas devido a problemas de saúde, saiu definitivamente menos de um ano depois.

BRASIL: PÁTRIA DO 'CHAVES'

O seriado só chegou em terras tupiniquins em 1981, quando haviam várias lacunas na programação da antiga TVS — hoje SBT. Da mesma maneira que ocorreu em seu início mexicano, Chaves no Brasil só foi ao ar por falta de outros programas melhores. O humorístico não agradou nem a diretores e muito menos a Sílvio Santos, que só aceitou comprar o formato por saber de todo o sucesso que a vila mexicana havia alcançado na América Latina.

Chaves: saiba como começou o seriado de maior audiência de todos os tempos na América Latina fonte: Reprodução

A primeira vez que Chaves foi ao ar oficialmente foi em 1984 no antigo programa do Palhaço Bozo. O sucesso foi tamanho que o seriado passou a ser exibido na emissora do baú diariamente ao 12:30h, apenas na companhia de Chapolin, apenas 3 anos depois da estreia. Como já era de se esperar, Sílvio resolveu reposicionar a turma mexicana para mais a noite, batendo de frente com grandes atrações de outras emissoras, no que seria o horário nobre da TV brasileira, ameaçando a concorrência com sua popularidade.

Hoje em dia o canal veicula cerca de 220 episódios, que se alternam entre reprises. Há ainda boatos de que o canal detém mais de 50 outros quadros inéditos dos programas guardados à sete-chaves. Fãs do Brasil, garantem que a veiculação deles só seria possível em momentos oportunos, como se fossem uma arma secreta do SBT em caso de pouca audiência — o seriado já foi retirado do ar e até mesmo substituído, mas nenhum outro programa conseguiu atingir os índices do mexicano. Já a emissora garante que os inéditos só não vão ao ar por falta de qualidade na imagem e som do mesmo.