Cotidiano

Vaca morre após ser atingida por ônibus escolar no Paraná

Da Redação ·
Vaca morre na PR-160 após ser atropelada por ônibus - Foto: Anuncifacil
Vaca morre na PR-160 após ser atropelada por ônibus - Foto: Anuncifacil

Mais um caso de atropelamento de animalde grande porte que atravessava rodovia na região Norte do Paraná foi registrado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) nesta segunda-feira (12) pela manhã. 

continua após publicidade

De acordo com patrulheiros da PRE, um ônibus escolar do município de Sertaneja acabou atingindo uma vaca que atravessava a pista da PR-160, no trecho entre as cidades de Leópolis e Cornélio Procópio. Além do motorista, cinco estudantes estavam no coletivo, mas ninguém ficou ferido.

Animal retirado
Quando os policiais rodoviários chegaram no local do acidente o animal já havia sido retirado da pista. A PRE supõe que o proprietário da vaca teria arrastado o animal para não ser responsabilizado pela ocorrência de trânsito.  Outro ônibus de Sertaneja até o local do atropelamento da vaca e levou os alunos para a escola.

continua após publicidade

Aplicativo pode ser solução
Estudantes do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano) da Escola Municipal Coronel Durival de Britto e Silva, em Curitiba, desenvolveram uma pesquisa sobre a interação humana e animal para o Torneio de Robótica First Lego League (FLL), criado para despertar o interesse dos alunos em temas como ciência e tecnologia dentro do ambiente escolar. O tema do torneio deste ano é Animal Aliados. 

O projeto escolhido para a competição foi o atropelamento de animais nas rodovias do Paraná e a solução desenvolvida é a implantação de câmeras que identificam a presença de animais na pista, emitindo um aviso luminoso aos motoristas, que seriam obrigados a reduzir a velocidade. 

Projeto inédito
"O projeto tem que ser inédito e de acordo com o tema proposto pela organização do torneio. Esse já é o 9º ano que participamos da competição e a escolha do tema 'animais atropelado em rodovias', principalmente silvestres, aconteceu depois que os alunos viram os dados do grande número de atropelamentos dessa natureza registrados no Paraná", detalha a diretora da escola, Anaí Rodrigues. 

Com informações e foto do Anuncifacil