Cotidiano

Nadadores do PR fazem circuito desde o Porto de Paranaguá até o Rio de Janeiro

Da Redação ·
Foto: pixabay/imagem ilustrativa
Foto: pixabay/imagem ilustrativa

Ser escravo da tecnologia e da vida virtual não é nada recomendável, mas não há problema usar o que essa facilidade disponibiliza de bom e que seja a seu favor. E é justamente isso que uma escola de natação de Guarapuava, no centro-sul do Paraná, fez para contemplar os seus alunos. Você já se imaginou fazendo a travessia entre os portos de Paranaguá, no Paraná, e Santos, no interior de São Paulo e depois até o porto do Rio de Janeiro? 

continua após publicidade

São 311 quilômetros nadando até Santos e depois mais 408 quilômetros até as águas cariocas. Você achou praticamente impossível? Pois não é. O Circuito de Natação programado pela escola já conta com 173 participantes que nadam diariamente em busca das metas. Todos os alunos podem participar, sendo opcional a participação.

E já tem nomes no Top 10. São crianças, adolescentes, jovens e adultos que enfrentam o desafio da auto-superação, já que o circuito não possui o formato de competição. Conforme a direção da escola, além do participante encontrar a fórmula para retardar o envelhecimento por meio da natação, segundo acreditam especialistas, as braçadas também têm um cunho social. 

continua após publicidade

O valor da inscrição são dois quilos de ração para cães ou gatos, que são entregues a cuidadores anônimos. "A distribuição de brindes a cada nadador que cumprir as metas é o reconhecimento da escola ao esforço de cada um", completam os diretores da escola.

Com informações do portal Rede Sul de Noticias