Cotidiano

Foragido do Paraná é preso em MT após ganhar prêmio e ter foto divulgada

Da Redação ·
Imagem ilustrativa: Pixabay
Imagem ilustrativa: Pixabay

Um homem de 68 anos, condenado por um homicídio há 22 anos no Paraná, foi preso na quarta-feira (7) por agentes do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá (MT). Ilário Nonato acabou localizado pelos agentes depois de aparecer na lista de ganhadores de prêmiosde uma promoção no comércio e ter recebido um tablet.

continua após publicidade

De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE) do Paraná, Ilário foi condenado por homicídio ocorrido em Curitiba, no ano de 1995. Os Ministérios Públicos de Mato Grosso e do Paraná receberam informações da localização do idoso. Imagens divulgadas nas redes sociais também ajudaram para a localização dele.

Segudo a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Lucas do Rio Verde, Ilário preencheu um cupom para participar do sorteio de prêmios em um supermercado inscrito na campanha de vendas do Natal, no final de 2015. Ele acabou sorteado e recebeu um tablet como prêmio no ano passado.

continua após publicidade

Ainda de acordo com o MPE, Ilário foi condenado pela Justiça do Paraná a nove anos de prisão. Consta no processo que no dia 5 de maio de 1995, data do crime, o réu, que na época tinha 46 anos, levou seu filho adolescente, de 17 anos, até uma praça da cidade e entregou uma arma para que o garoto executasse um adolescente.

Adolescente apreendido
Na oportunidade, o menor foi apreendido e cumpriu medida socioeducativa de internação por um ano e meio. Com isso, Ilário fugiu da cidade e o processo correu a revelia, sem que o réu apresentasse defesa ou comparecesse nas audiências.