Mais lidas
Cotidiano

Polícia Civil prende temporariamente casal suspeito de matar filho recém-nascido em Londrina

.

Casal suspeito de matar o filho de apenas 1 dia permanece preso - Foto: Arquivo
Casal suspeito de matar o filho de apenas 1 dia permanece preso - Foto: Arquivo

A Polícia Civil de Londrina (norte do Paraná) prendeu um casal suspeito de matar o próprio filho, um bebê recém-nascido. O crime aconteceu no último mês e se tornou de conhecimento público após a mulher procurar atendimento médico. 

De acordo com a polícia, os médicos constataram que ela havia passado por um parto recente, mas ela negava o fato. A polícia foi comunicada sobre a situação e a mulher confessou ter dado à luz uma criança. O pai do bebê entregou o corpo para a polícia.

O bebê de um dia apresentava traumatismo craniano grave. As investigações prosseguiram e a prisão temporária foi requerida à Justiça para que não haja possibilidade de os suspeitos atrapalharem o sequência das investigações.

Nomes não foram divulgados
Após exames periciais, a polícia descartou que a mulher tenha agido sob efeito do estado puerperal. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados. Eles devem permanecer presos por 30 dias e a prisão temporária é renovável por mais 30 dias

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber