Cotidiano

Fortes chuvas afetam mais de dez municípios e deixam moradores ilhados

Da Redação ·
Temporal causou muitos estragos em Reserva do Iguaçu (Foto: Lorival Lima)
Temporal causou muitos estragos em Reserva do Iguaçu (Foto: Lorival Lima)

As fortes chuvas, acompanhadas de vendavais, que atingiram o Paraná no domingo e segunda-feira (5) causaram danos e transtornos em mais de dez municípios. Em Reserva do Iguaçu, na região central do Paraná, pelo menos 23 famílias foram desalojadas. No Vale do Ivaí (norte do Paraná), moradores ficaram ilhados em  Godoy Moreira e Santa Luzia da Alvorada. O abastecimento de água foi suspenso.  A previsão é de mais chuva nesta terça-feira (6). 

continua após publicidade

A rodovia PR-650, na localidade conhecida como Água do Sapo, ficou alagada, deixando a população de Godoy Moreira isolada até as 13 horas de ontem (5). A população do distrito de Santa Luzia da Alvorada também ficou ilhada por algumas horas, em decorrência do alagamento da rodovia nas proximidades do local conhecido como Chalé. 

A preocupação maior é que, caso a chuva continue, outros locais, como a ponte sob o Rio Corumbataí, na localidade do Nice, transborde deixando o município de Godoy Moreira isolado por vários dias, como já ocorreu em outras ocasiões.

continua após publicidade
Fortes chuvas afetam mais de dez municípios e deixam moradores ilhados fonte: Reprodução

A rodovia PR-650, na localidade conhecida como Água do Sapo, ficou alagada
Foto - Divulgação

O prefeito José Gonçalves (PSDB), de Godoy Moreira, relata que nas épocas de chuvas mais fortes, para sair ou entrar do município, os moradores têm que se utilizar de uma estrada rural não asfaltada, que liga ao município de Jardim Alegre. “Hoje (ontem) nós tínhamos consultas de pacientes agendadas em Ivaiporã e Curitiba. Um verdadeiro transtorno para os motoristas e pacientes que tiveram que se arriscar por estradas inadequadas”. 

Ainda segundo José Gonçalves, há mais de 10 anos a Prefeitura busca uma solução junto ao Governo do Estado para resolver os problemas de alagamento na rodovia. 
Em outros municípios da região norte do Estado, o excesso de chuva prejudicou o abastecimento de água. Em Borrazópolis, uma queda de energia afetou a estação de tratamento e a unidade só voltou a ser operada por volta das 11 horas, contudo a turbidez do rio prejudicou o abastecimento.

continua após publicidade

Em Rosário do Ivaí e São João do Ivaí, as unidades de captação da Sanepar foram inundadas e a previsão, no final da tarde, era que o sistema voltaria a operar apenas na madrugada. Hospitais, creches e asilos foram atendidos com caminhões-pipa. Em Arapongas também foram registrados danos provocados pela chuva.

Desalojados em Reserva do Iguaçu
Segundo a prefeitura de Reserva do Iguaçu, há famílias que perderam tudo e que tiveram que ser retiradas temporariamente de suas casas. Os desalojados foram levados para a residência de parentes ou para o Centro de Referência da Assistência Social (Cras).A prefeitura também informou que um morador teve ferimentos leves durante o temporal. Equipes da Defesa Civil percorram outras localidades do município na manhã desta segunda-feira (5) para localizar mais moradores afetados.

Fortes chuvas afetam mais de dez municípios e deixam moradores ilhados fonte: Reprodução

Cenário de destruição após tempestade - Foto: Lorival Lima

continua após publicidade

De acordo com a Defesa Civil do Paraná, seis pessoas ficaram desalojadasem Reserva do Iguaçu. Em Marilândia do Sul, também na região central, outras dez tiveram que deixar suas casas. Ainda de acordo com a Defesa Civil, também houve registros de afetados em Chopinzinho.

Chuvas devem continuar
Segundo a previsão do tempo do Instituto Simepar, nuvens carregadas mantêm o tempo muito instável em todas as regiões do Paraná. As condições atmosféricas favorecem acumulados de chuvas elevados nas diversas áreas do Estado ao longo desta terça-feira (6). Os maiores volumes de precipitação devem ser registrados nas cidades do interior.

continua após publicidade
Fortes chuvas afetam mais de dez municípios e deixam moradores ilhados fonte: Reprodução

Total dos prejuízos ainda é contabilizado - Foto: Lorival Lima

Itaipu solta volume médio de água de quatros Cataratas do Iguaçu
A Usina de Itaipu informou que chegou a soltar quase 5 mil metros cúbicos de água por segundo pelo vertedouro para evitar risco de enchentes. Isso equivale ao volume médio de quatros Cataratas do Iguaçu. 

A usina disse que a expectativa é de receber uma vazão acima de 19 mil metros cúbicos de água por segundo e está trabalhando para mitigar os possíveis riscos de uma cheia provocada pelo aumento do volume de água no reservatório.

Fortes chuvas afetam mais de dez municípios e deixam moradores ilhados fonte: Reprodução

Itaipu usa a vazão que chega para gerar energia elétrica e só despeja pelo vertedouro o excedente - Foto: Rubens Fraulin