Mais lidas
Cotidiano

EUA desenvolvem avião hipersônico que pode ser usado para abater satélites espiões; veja vídeo

.

Boeing trabalha no desenvolvimento do avião Phantom Express - Foto - Boeing
Boeing trabalha no desenvolvimento do avião Phantom Express - Foto - Boeing

A Agência de Pesquisa de Projetos Avançados de Defesa (DARPA, na sigla em inglês), em parceria com a empresa norte-americana Boeing, trabalha no desenvolvimento do avião Phantom Express, com capacidade chegar ao espaço a velocidades muito altas e retornar à Terra. O projeto faz parte do programa Aeronave Espacial Experimental (XS-1) da agência.

De acordo com o Pentágono (sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, localizado no condado de Arlington, Virgínia), o avião experimental hipersônico secreto poderia funcionar como um foguete e sair e voltar à atmosfera sem problemas, conforme matéria do jornal britânico The Independet.

"O Phantom Express está projetado para transformar o processo de lançamento de satélites, tal como o conhecemos hoje em dia, e criar uma nova capacidade de lançamento espacial mais acessível e com menos riscos", detalhou Darryl Davis, diretor do departamento experimental do Phantom da empresa Boeing.

Para a fase de teste do programa experimental estão programados 10 voos de demonstração durante 10 dias.

A Boeing e a DARPA ainda não divulgaram que tipo de satélites o Phantom levará a bordo e qual será sua missão principal. Extraoficialmente foi divulgado apenas que o avião espacial cumprirá tanto missões comerciais, como governamentais.


Bombardeiro ou eliminador de satélites
A Força Aérea dos EUA já havia lançado em órbita da Terra o avião espacial X-37B, com uma misteriosa carga a bordo. Há várias teorias sobre qual seria o objetivo da aeronave: servir como um bombardeiro espacial ou servir de sonda clandestina para eliminar satélites de espionagem.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber