Mais lidas
Cotidiano

Joesley Batista e Ticiana Villas Boas não economizaram nas compras em Sex Shop de Nova York

.

Foto: Adriana Spaca
Foto: Adriana Spaca

Antes de provocar uma dos maiores polêmicas dos últimos tempos em Brasília, Joesley Batista e Ticiana Villas Boas, já eram frequentadores assíduos de Nova York e das adjacências do luxuoso apartamento avaliado em R$ 30 milhões.

Em uma das lojas que o casal foi visto há dois anos, eles tiveram a má sorte de encontrar com uma fotógrafa brasileira, Adriana Spaca. Ao reconhecer o casal, a brasileira ficou de olho nos dois durante o tempo em que permaneceram na loja.

Até aí nada demais, afinal é normal ver brasileiros fazendo compra nos EUA, se não fosse o fato da loja ser um Sex Shop. Segundo Adriana, o local é muito discreto, parecendo mais uma galeria de arte do que uma loja de produtos eróticos.

Ao se deparar com o famoso casal, Adriana acompanhou até o que eles compraram. Ao que tudo indica, a compra do casal foi um vibrador que pode ser controlado via wifi. O dispositivo que já foi sensação de uma feira erótica no Brasil, custa em torno de R$ 2 mil reais. “Fora o vibrador, eles ainda levaram géis lubrificantes.”, garante Adriana.

Casal escolhe o que levar. (Foto: Adriana Spaca)

Parece que o casal sempre gostou de esbanjar no local. Mas em compensação, para gravar o depoimento do presidente Michel Temer, Joesley não fez questão de gastar tanto para registrar conversas tão comprometedoras.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber