Mais lidas
Cotidiano

Polícia identifica 3 vítimas do atentado no show de Ariana Grande em Manchester 

.

Foto: Joel Goodman/LNP
Foto: Joel Goodman/LNP

Após o atentado da noite de ontem na cidade de Manchester, Inglaterra, ter sido assumido pelo Estado Islâmico, hoje começaram a identificação de algumas das 22 vítimas fatais do ataque terrorista.

A primeira vítima identificada é Georgina Callander, de 18 anos. Descrita como uma grande fã de Ariana, a jovem tinha ido pela segunda vez ao show da cantora na noite desta segunda-feira, (22). Há dois anos atrás, Georgina havia realizado seu sonho de conhecer Ariana, postando uma foto das duas em sua rede social. Ela postou poucos momentos antes do show toda a sua empolgação em rever sua ídola.


A jovem que estava cursando faculdade na área de saúde e assistência social, morreu em um hospital em Manchester com sua mãe a seu lado. Os amigos de Callander prestaram-lhe homenagem nas mídias sociais. "Espero que você descanse em paz, minha querida", twittou Sophie Jauregui, que se identificou como a melhor amiga de Georgina.

Outra vítima que foi identificada é a pequena Saffie Rose, de 8 anos é a vítima mais jovem da explosão. Ela foi descrita como “uma linda menina em todos os sentidos da palavra”, por sua professora do primário. A pequena Saffie morava no condado de Tarleton, próximo a Manchester.

Foto: AP


O terceiro corpo que foi identificado e divulgado é o do jovem John Atkinson, de 26 anos. Morador de Bury, outro condado próximo a Manchester, o rapaz foi descrito nas redes sociais como uma pessoa incrível e uma linda alma.

Foto: Daily Express


O estado Islâmico disse em comunicados, um em árabe e outro em inglês, que o fiel que explodiu as bombas estava a serviço de Allah e tinha a intenção de explodir o estádio, porém o "fiel" implantou os explosivos nas saídas do local, matando 22 pessoas e ferindo cerca de 59.

Comunicado do EI em árabe. (foto: reprodução EI)


×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber