Mais lidas
Cotidiano

Filha mata pai após ele tentar expulsá-la de casa

.

Brittany Simpson, de 31 anos. (Foto: Divulgação)
Brittany Simpson, de 31 anos. (Foto: Divulgação)

Uma mulher foi presa acusada de assassinar seu pai, em Mount Pleasant, nos Estados Unidos. A alegação da policia é que a morte foi motivada quando seus pais decidiram expulsá-la de casa. 

Após cometer o assassinato, Brittany Simpson, de 31 anos, ligou para a policia informando que um intruso entrou pela porta e atirou neles. "Alguém acabou de entrar pela porta dos fundos. Alguém simplesmente entrou", disse Simpson no telefonema. 

De acordo com o site People, Robert Simpson, 66 anos, ainda estava vivo quando a polícia chegou, mas acabou não resistindo aos ferimentos. A esposa de Robert, Susan Simpson, relatou à polícia que primeiro ouviu seu marido gritar em seguido ouviu tiros. Ela correu para o quarto e encontrou sangue escorrendo debaixo da porta.

A irmã de Brittany contestou junto a policia a versão dada pela assassina. Posteriormente a polícia encontrou a arma junto com algumas peças de roupa de Brittany em um rio próximo ao local do crime. Ela confessou a autoria do crime.

O advogado de Brittany, David Aylo disse ao site People que sua cliente apresenta problemas mentais, mas mesmo assim era sempre ativa. "A única coisa que posso confirmar é que Brittany apresenta problemas mentais e não está em sã consciência de seus atos. Mesmo que ela não estivesse trabalhando, ainda assim era uma pessoa bastante ativa em relação a atividades recreativas”.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber