Facebook Img Logo
Mais lidas
Cotidiano

Cachorra abandonada rói a própria pata para se soltar de corrente após 5 anos presa

.

Cachorra roeu própria para para se soltar e ficou deficiente - Foto: Reprodução/YouTube
Cachorra roeu própria para para se soltar e ficou deficiente - Foto: Reprodução/YouTube

Uma cadela foi resgatada após roer a própria pata para se livrar das correntes que a mantinham presa, em Missouri, nos Estados Unidos. O resgate foi realizado pela organização Stray Rescue of St.Louis, que postou um vídeo na internet sobre o caso da cadelinha Treya, da raça american staffordshire terrier. O dono do animal foi morto em uma tentativa de assalto.

Depois de perder o dono, que morreu há cinco anos, Treya foi obrigada a viver em um cubículo, completamente sozinha. O único contato dela com humanos era com vizinhos, que apenas a alimentavam. Ninguém conseguia soltar a corrente onde a cadela estava presa. 

Treya roeu a própria pata para conseguir se movimentar pelo espaço de cerca de dois metros onde estava, após ficar confinada durante todo esse tempo. Além do trauma, a cachorra estava com a doença parasitária no coração e uma grande infestação de pulgas.


Recuperação e adoção
A cadelinha foi resgatada pelo Corpo de Bombeirosapós uma solicitação de um morador da região e se recupera em uma clínica veterinária. A cachorra ainda está em fase de adaptação, mas já convive com outros animais. Assim que o tratamento terminar, Treya será disponibilizada para adoção.

A cachorra ainda está em fase de adaptação - Imagem: Stay Rescue

Campanha para prótese
Segundo o fundador do Stray Rescue of St.Louis, Randy Grim, a entidade iniciou uma campanha para arrecadar fundos e adquirir uma prótese para a cachorra. Grim classificou a história como triste e trágica mas com final feliz.

Com informações do portal britânico Metro


O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Cotidiano

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber