Cotidiano

Banho pode melhorar a saúde, mas deve ser tomado na hora certa, aponta estudo

.

Horário ideal para tomar banho é à noite, antes de dormir, diz especialista. Foto: Reprodução
Horário ideal para tomar banho é à noite, antes de dormir, diz especialista. Foto: Reprodução

Nossa civilização está mais do que acostumada com o fato de tomar banho. Algumas pessoas chegam a tomar até três duchas ao longo do dia, acreditando ser indispensável para ter uma boa higiene.

Mas o que foi descoberto recentemente é que não precisamos mais do que um banho diário. E ele tem até hora certa para ser tomado.

Além de ser uma questão higiênica, esse único banho estratégico afeta nossa saúde, nos livrando enfim de possíveis impurezas acumuladas, limpando poros e nos melhorando até mentalmente.

Muitos julgam necessário o banho matinal, para despertar para o dia que está por vir e nos preparar para nossa rotina. Para Mona Gohara, professora da Escola de Medicina de Yale, o banho pela manhã pode melhorar nossa disposição física e mental, sim, mas ainda não é a melhor opção.

De acordo com o que a professora declarou ao jornal The Sun, os benefícios de se tomar banho no horário certo, são muito maiores do que tomar o banho pela manhã. Segundo estudos, apesar de ser muito bom para nossos hormônios, o ato matinal deve ser esquecido, se você quer obter todos os benefícios que um ducha pode te trazer.

O ideal, segundo Gohara, é que aguentemos para tomar nossos banhos diários em períodos noturnos, quando estivermos nos preparando para deitar. Ela afirma que esse banho tem o poder de limpar impurezas acumuladas durante todo o dia. “Óleos, maquiagem, poluentes e sujeiras devem ser tirados ao fim do dia, para que sua pele trabalhe melhor, podendo se revigorar e nos proporcionar até mesmo uma noite mais tranquila.” acrescenta ela.

Se denominando embaixadora do sono, a professora ainda afirma que esse tempo deve ser dedicado a tranquilidade, sem e-mails ou telefone. “O banho deve ser preparação para uma noite de sono, devendo ser parte integral da rotina.” finaliza Gohara.