Mais lidas
Cotidiano

Coreia do Norte pode estar planejando um ataque de pulso eletromagnético aos EUA

.

Foto: REUTERS
Foto: REUTERS

Se já não bastasse a ameaça de ataques aos EUA utilizando misseis intercontinentais nucleares, a Coreia do Norte pode estar planejando um ataque de pulso eletromagnético (PEM) utilizando dois satélites, afirmou Dr. Peter Vincent Pry, diretor executivo da Força-Tarefa Nacional e de Segurança Interna.

O especialista, que ministrou um congresso nos EUA sobre PEM, afirmou que a Coreia do Norte está realizando um movimento semelhante aos navio de guerra americanos, aproximando um de seus satélites sob o território dos Estados Unidos.

A ditadura de Kim Jon-un começou na década de 1980 um programa com intuito de lançar satélites em orbita. Conseguindo obter exito com dois lançamentos, um em 2012 e outro mais recentemente em 2016.

De acordo com o site Breibart, Pry disse que os norte-coreanos podem usar isso como uma moeda de troca, caso os EUA  levem a frente as ameaças contra o regime da dinastia Kim. “Os testes feito recentemente pela Coreia do Norte me levam a crer que é um treinamento para um ataque PEM”, disse o especialista ao site.

Embora muitos duvidem que os norte-coreanos possuem tecnologia para realizar um ataque direto aos EUA, especialistas afirmam que o país está se aproximando de se tornar capaz de um atacar os Estados Unidos, Coreia do Sul e ao Japão.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber