Mais lidas
Cotidiano

Nova plataforma para lançar mísseis de submarinos é descoberta na Coreia do Norte

.

Nova plataforma para lançar mísseis de submarinos foi descoberta na Coreia do Norte: ameaça? - Foto: KCNA
Nova plataforma para lançar mísseis de submarinos foi descoberta na Coreia do Norte: ameaça? - Foto: KCNA

Um segundo batelão submersível, quepode possibilitar lançar mísseis balísticos a partir de submarinos (SLBM), foi descoberto nesta semana na Coreia do Norte.

Conforme informações do portal 38 North, a embarcação foi encontrada depois de terem sido analisadas imagens de satélite recentemente. A plataforma se encontra em um estaleiro militar perto da cidade de Nampo, na costa ocidental norte-coreana.

Analistas internacionais avaliam que foi exatamente da costa ocidental que foram lançados nos últimos anos de quatro a seis mísseis Pukguksong-1 (KN-11).

Tamanho
A plataforma do batelão mede 22,5 metros de comprimento e se parece com outra que foi detectada pela primeira vez em 2014 perto da localidade norte-coreana de Sinpo.

O descoberta da segunda embarcação desse tipo traz muitas implicações para o programa de SLBM (mísseis balísticos lançados de submarino), que é prioridade para o presidente norte-coreano Kim Jong-un. No caso de as duas plataformas terem sido compradas, a questão mais importante seria saber quando o país asiático fez tal aquisição.

"Se ambas as plataformas foram adquiridas ao mesmo tempo, isso significa que Pyongyang tinha planejado realizar testes nucleares ainda mais potentes do que os que já fez até agora", acrescenta o portal portal 38 North.

A Coreia do Norte alega armamentos são proteção contra os EUA - 
Foto: portal 38 North

Investigação
As embarcações deste tipo são usadas para realizar testes submarinos dos novos sistemas de lançamento de mísseis antes de estes serem instalados nos submersíveis. Os EUA e Coreia do Sul pretendem investigar se este batelão foi produzido pela Coreia do Norte ou comprado no exterior.

Implicações
O descoberta da segunda embarcação desse tipo traz muitas implicações para o programa de SLBM (mísseis balísticos lançados de submarino), que éprioridade para o presidente norte-coreano Kim Jong-un. No caso de as duas plataformas terem sido compradas, a questão mais importante seria saber quando o país asiático fez tal aquisição.

"Se ambas as plataformas foram adquiridas ao mesmo tempo, isso significa que Pyongyang tinha planejado realizar testes nucleares ainda mais potentes do que os que já fez até agora", acrescenta o portal portal 38 North.



×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber