Mais lidas
Cotidiano

Após último pedido, adolescente com câncer terminal recebe mais de 30 mil cartas

.

Sabine foi diagnosticada com um tumor no cérebro em 2016 - Foto: Reprodução/Instagram
Sabine foi diagnosticada com um tumor no cérebro em 2016 - Foto: Reprodução/Instagram

A garota holandesa Sabine Wortelboer, de 15 anos, foi diagnosticada com um raro tumor no cérebro em 2016 e lutou contra a doença enquanto respondeu ao tratamento. Entretanto, o resultado dos últimos exames mostrou um avanço do câncer, e a adolescente escolheu deixar o hospital onde estava nos Estados Unidos e voltar para sua casa, na Holanda. Recentemente, Sabine publicou em rede social seu último desejo: receber cartas de muitas pessoas. O pedido foi atendido e, até terça-feira (2), ela já havia recebido mais de 30 mil correspondências. 

O serviço postal holandês precisou inclusive designar uma equipe especial apenas para processar as correspondências endereçadas à casa de Sabine, conforme o Daily Mail.


"Eu acharia muito bom, pela última vez, se recebesse cartas de muitas pessoas. Quem quiser, pode enviar para minha nova casa: Dullaert Rua 33 em Hulst, 4561 KA. Eu acho que é hora de dizer adeus. Muito amor, Sabine", escreveu a menina em postagem no Facebook.

Menina holandesa Sabine Wortelboer, 15, diagnosticada com um tumor cerebral, em meio a milhares de cartas que recebeu - Foto: Reprodução/Twitter

O irmão da adolescente, Sol Wortelboer, é apresentador de televisão e aproveitou a notoriedade para divulgar nas redes sociais uma campanha de financiamento coletivo que tornou possível a ida de Sabine para os Estados Unidos fazer o tratamento contra o tumor. 

Inicialmente, a adolescente pareceu reagir à medicação, mas uma inflamação gastrointestinal impediu que o tratamento continuasse. Assim, o câncer retornou de forma mais agressiva.

Gratidão
Em uma publicação no Instagram, Sol manifestou a gratidão pelas mensagens positivas enviadas à irmã. "Palavras não conseguem descrever nossa gratidão. Estou sendo levado por uma onda de amor. Sabine caminha em direção à luz", escreveu o irmão da adolescente.

Remédios não fazem mais efeito
Segundo a mãe da adolescente, Ilse Wortelboer, sua filha não tem mais muito tempo de vida. "Depois do resultado, decidi parar com toda a medicação. Não está mais fazendo efeito", lamentou Sabine.

Com informações do Daily Mail

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber