Mais lidas
Cotidiano

Suspeitos de matar pai e filho de 4 anos são presos no PR

.

A Polícia Civil de São José dos Pinhais (SJP) elucidou um crime bárbaro contra a vida, que vitimou pai, mãe e filho há duas semanas no município. Três jovens de 19, 20 e 24 anos, foram identificados como autores do crime, sendo dois homicídios consumados e um homicídio tentado. Um dos suspeitos, Derick Brendo Salvador do Nascimento, 19 anos, foi preso na manhã de segunda-feira (24), dentro de um hospital, no bairro São Pedro. Os demais permanecem foragidos.

As vítimas, Brahyan William Hass de Sousa, 23 anos, e seu filho Kevyn Brahyan Campos de Sousa, de apenas quatro anos, foram mortos a tiros pelo trio. Já sua esposa, uma mulher de 22 anos, também foi vítima dos disparos, porém foi encaminhada ao hospital e permanece internada. O crime aconteceu no dia 13 de abril deste ano, por volta de meia-noite, na residência da família, localizada no bairro São Judas Tadeu.  Segundo informações policiais, dois homens entraram encapuzados na residência, arrombaram as portas e iniciaram os disparos. 

“Pai e mãe estavam deitados na cama no momento em que foram atingidos. Em seguida dispararam contra o filho do casal, que estava na cama ao lado. A criança levou um tiro no olho e outro no peito. Sousa faleceu no local, já o filho não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital”, informa o delegado titular da unidade, Amadeu Trevisan. Após diversas diligências, a equipe constatou que o crime teria sido planejado por Fernando Júlio da Silva, 24 anos, e executado por Nascimento – preso na ação – e Diego Alves Pereira, 18 anos. 

“A intenção do trio era matar a família inteira, em razão de uma disputa de território devido ao tráfico de drogas, no bairro São Judas Tadeu e região”, afirma o delegado. Trevisan ressalta que as investigações continuam com o intuito de localizar e prende os demais envolvidos no crime, que se encontram foragidos até o momento. O suspeito preso responderá pelos crimes de duplo homicídios e tentativa de homicídio. Ele permanece preso à disposição da Justiça.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber