Cotidiano

Rússia decide banir Testemunhas de Jeová do país

.

Nesta quinta-feira, a Suprema Corte da Rússia decidiu proibir e banir a religião Testemunhas de Jeová do país. A partir da decisão a denominação é considerada uma "organização extremista", sendo obrigados a entregar todas as suas propriedades para o Estado. Qualquer tipo de prática da também será criminalizada.

De acordo com a BBC os representantes da religião afirmam que irão apelar da decisão junto à Corte Europeia dos Direitos Humanos. O advogados que representavam o movimento argumentaram em recurso que os seguidores da religião são vítimas de repressão e perseguição política, além de considerarem a ação da Procuradoria ilegal.

O procurador de Justiça afirmou à BBC que as atividades violavam "a lei russa de combate ao extremismo" e que seus panfletos incitavam o ódio contra outros grupos. Calcula-se que atualmente cerca de 175 mil pessoas são adeptas da religião na Russia.