Mais lidas
Cotidiano

Astronauta diz porque alienígenas ainda não visitaram a Terra

.

Alan Bean com uma pintura em seu estúdio de arte em Houston, Texas - Foto: AFP.Source: AFP
Alan Bean com uma pintura em seu estúdio de arte em Houston, Texas - Foto: AFP.Source: AFP

O astronauta norte-americano  Alan Bean, de 85 anos, um dos 12 seres humanos que já caminharam na Lua até hoje, revelou não acreditar que "alguém do espaço já tenha visitado a Terra". Em entrevista concedida ao portal australiano News.com, Alan Bean disse supor que possam existir civilizações em outros planetas que sejam mais avançadas, amigáveis e altruístas.. E tal 'visita de extraterrestres' à Terra teria probabilidade maior de acontecer quando a humanidade der passos mais significativos rumo à evolução da civilização em todos os sentidos 

Cura para o câncer
"Nós viemos em paz e sabemos que vocês têm o problema do câncer que mata os humanos", teria sido o discurso de extraterrestres, conforme Bean, se eles mantivessem contato. "Nós resolvemos esse problema há 50 anos e aqui está o dispositivo que deve ser inserido na pessoa para curar a doença", continua o astronauta.

Segundo o experiente astronauta, essa é exatamente a atitude com que o homem chegará às civilizações de planetas distantes no futuro, quando os seres humanos tiverem a capacidade de alcançá-los.  "Dentro de cerca de 1.000 anos… nós também poderíamos ensiná-los a curar o câncer", disse ele.   

Tripulação da Skylab 3: comandante Alan L. Bean; cientista e piloto Owen K. Garriott, e astronauta Jack R. Lousma: 59 dias e 11 horas em órbita - Divulgação

Não estamos sozinhos
Alan Bean acredita que não estamos sozinhos no universo. Para ele, o fato de que há bilhões de estrelas, e de planetas em torno delas, confirma a potencial existência de vida. "A vida em muitos desses planetas é provavelmente como era a nossa 100.000 anos atrás e talvez haja outros que estão uns 10.000 anos adiante de nós", completa o astronauta dos EUA.

 Astronauta Alan Bean durante desembarque na Lua, em novembro de 1969. Foto: News Corp Australia

Quadros com inspiração em viagens espaciais
Bean pisou na Lua em novembro de 1969 e se desligou da NASA em 1981 para se tornar um artista plástico. Em suas pinturas ele retrata as experiências dos astronautas, inclusive ele mesmo, que andaram na lua. É um clube pequeno que pode terum tipo de inspiração única, baseada na experiência como astronauta. "Mesmo se eu vivesse até os 185 anos de idade não ficaria sem idéias de coisas para pintar sobre este tema", disse ele.

O astronauta usa ferramentas texturizadas e lunares, "polvilhadas com pedaços de espaçonave Apollo e um toque de poeira da lua" para criar suas obras-primas, as quais vende por dezenas ou centenas de milhares de dólares cada uma, através de seu site.

"Eu sou a única pessoa na Terra que pode fazer essas pinturas de uma perspectiva única", acrescentou.

Com informações do portal australiano News.com

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber