Cotidiano

Fã do seriado Dexter, menor mata colega dentro de colégio público em Cambira

Da Redação ·
Policiais militares e civis estiveram no local do crime em Cambira: perplexidade - Foto: Jandaiaonline
Policiais militares e civis estiveram no local do crime em Cambira: perplexidade - Foto: Jandaiaonline

O assassinato de um menor dentro de estabelecimento de ensino da rede pública na noite de segunda-feira (20), em Cambira (norte do Paraná), chocou a população  da cidade. A polícia já apurou que o autor do homicídio de um seriado muito conhecido pela ênfase dada a situações de violência.

continua após publicidade

O adolescente Rafael Sanches Cogo, de 17 anos, foi morto a facadas no interior do Colégio Rosa Delúcia Calsavara. A vítima e o autor do homicídio estudavam juntos.

Fã do seriado Dexter, menor mata colega dentro de colégio público em Cambira fonte: Reprodução
continua após publicidade

Pelas costas
O rapaz acabou assassinado no pátio do colégio por um colega. Faca usada no açougue do pai do autor foi a arma do crime. Segundo a polícia, a vítima foi morta com três facadas nas costas. As informações repassadas por colegas e funcionários do estabelecimento de ensino são de que “os dois rapazes, vítima e autor, não apresentavam problemas e tinham bom relacionamento com os professores e demais colegas”. 

Fã do seriado Dexter, menor mata colega dentro de colégio público em Cambira fonte: Reprodução

O autor, E.L., também de 17 anos, foi apreendido em flagrante pela Polícia Militar (PM) por ato infracional de homicídio. Ele estava escondido em um prédio em construção. O adolescente confessou ter matado o colega. 

continua após publicidade

E.L. revelou onde havia jogado a faca usada no crime, no entanto, populares já haviam localizado o instrumento cortante e entregue à polícia. O corpo do jovem morto foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana para exame de necropsia.

Fã do seriado Dexter, menor mata colega dentro de colégio público em Cambira fonte: Reprodução

Jogaram futebol no domingo
A polícia apurou ainda que a vítima e o autor do assassinato jogaram futebol juntos no domingo, mas na segunda-feira à noite E.L. resolveu matar o colega pelas costas dentro do colégio em que ambos estudavam. 

continua após publicidade

"Fica difícil entender como acontece uma situação dessa com dois jovens que estavam sempre juntos. Agora que o autor foi apreendido em flagrante por ato infracional de homicídio, ele vai conhecer uma outra realidade - a da vida sem liberdade", afirmou o delegado-chefa da 17ª Subdivisão Policial (SDP), José Aparecido Jacovós. O delegado acrescentou que o autor do homicídio apresenta sinais de psicopatia.

Estímulo à violência?
A polícia já apurou que o autor do crime, cuja motivação ainda não foi totalmente esclarecida, divulgava em redes sociais sua paixão pelo seriado Dexter, no qual um menino é criado por um policial, que o estimula a matar "pessoas más".