Mais lidas
Cotidiano

Aranhas comem até 800 milhões de toneladas de insetos por ano

.

São conhecidas atualmente 45 mil espécies de aranhas - Foto: Thomas Shahan/Wikimedia Commons/Superinteressante
São conhecidas atualmente 45 mil espécies de aranhas - Foto: Thomas Shahan/Wikimedia Commons/Superinteressante

A massa total de insetos caçada por todas as aranhas do mundo, em um único ano, pode atingir valores astronômicos, aproximadamente entre 400 e 800 milhões de toneladas.  É o que aponta resultado de pesquisa divulgado na  revista The Science of Nature

A constatação científica ressalta a importância que aranhas possuem no controle de populações. Para ser ter um parâmetro comparativo, o consumo mundial de carne e peixe da população humana fica na casa dos 400 milhões de toneladas.

Mais de 95% das capturas de presa acontece em regiões de campo e floresta, onde as aranhas habitam preferencialmente. Por conta de sua atuação nessas áreas, a população de insetos herbívoros pode ser até 20% menor. Estima-se que entre 8 a 10 mil espécies são predadas exclusivamente por aranhas.

O registro de mortes de presas, por outro lado, é pequeno em áreas como as desérticas (2%), locais que apesar de inóspitos, também foram colonizados pelas aranhas. As condições adversas, além da grande extensão dessas áreas, ajudam a explicar a baixa densidade populacional – e seu menor instinto assassino.

45 mil espécies diferentes
São conhecidas atualmente 45 mil espécies diferentes, e sua concentração, em regiões com as condições ideais, pode chegar a mil indivíduos por metro quadrado (sim, bizarro só de pensar). Sua alimentação predileta é 90% composto por insetos e outros aracnídeos – ainda que certas espécies pontualmente se alimentem de pequenos vertebrados (como sapos, lagartos, pássaros e morcegos) ou tenham dieta vegetariana.

As informações são da revista da Superinteressante e da The Science of Nature

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber