Cotidiano

Monitoramento da NASA detecta que áreas da Califórnia estão afundando 

.

FOTO: EUROPEAN SPACE AGENCY/NASA-JPL/CALTECH/GOOGLE EARTH
FOTO: EUROPEAN SPACE AGENCY/NASA-JPL/CALTECH/GOOGLE EARTH

Pesquisadores do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA (JPL) examinaram e compararam imagens captadas por meio de interferometria por radar de abertura sintética (InSAR) e chegaram a uma conclusão surpreendente: algumas áreas do Vale San Joaquin estão afundando.

Os cientistas supõem que este processo poderia ter sido provocado por bombeamento submarino excessivo. O nível de algumas zonas da Califórnia baixou em cerca de oito metros no decorrer do século passado.

Seca histórica
A Califórnia sofre com uma seca histórica que começou há alguns anos, o que agrava o problema. Os especialistas detectaram duas localidades com subsidência das camadas do solo, próximas às cidades de Chowchilla e Corcoran, cada uma com uma área de centenas de quilômetros quadrados que se alarga e se torna mais profunda. 

400 centímetros
Em 2016, o nível do solo em Chowchilla diminuiu em cerca de 400 centímetros. "Enquanto nós podemos ver o impacto da chuva sobre a subsidência, sabemos que temos enfrentado um défice de água subterrânea por certo período de tempo, por isso muito tempo deverá passar para que aqueles reservatórios possam encher", afirmou Tom Farr, coautor da pesquisa feita pelo laboratório.

Com informações e mapa do portal da NASA