Cotidiano

Cientistas indianos planejam iniciar extração de Hélio-3 na Lua em 2030 

Da Redação ·
Quantidade de hélio-3 da Lua tem capacidade para abastecer o planeta Terra com a energia por cinco mil anos - Foto: flickr.com/ Ryan Oksenhorn
Quantidade de hélio-3 da Lua tem capacidade para abastecer o planeta Terra com a energia por cinco mil anos - Foto: flickr.com/ Ryan Oksenhorn

A Índia planeja extrair o Hélio-3 da Lua para usar o mineral como alternativa para recurso elétrico,  relatou para a agência IANS o professor Sivathanu Pillai, da Organização de Pesquisa Espacial da Índia (ISRO). O pesquisador afirmou que a exploração da superfície lunar, rica em hélio-3, é um foco prioritário para a ISRO.

continua após publicidade

"Até 2030, o processo [de usar o hélio-3 como fonte de eletricidade] será possível", afirmou Pillai. O pesquisador indiano disse ainda que diversos países estudam a possibilidade de extrair o hélio-3 na Lua, mas ele explica que o 'mineral é suficiente para todos'. 

Conforme Vladislav Shevchenko, cientista do Instituto Astronômico de Moscou, a quantidade de hélio-3 da Lua tem capacidade para abastecer o planeta Terra com a energia por cinco mil anos. Hoje, o isótopo de hélio-3 é extraído na Terra em quantidades reduzidas – dezenas de gramas por ano.

continua após publicidade

500 MIL TONELADAS
Cientistas estimam que na Lua haja cerca de 500 mil toneladas do minério. Durante a fusão nuclear, quando uma tonelada de hélio-3 reage com 0,67 toneladas de deutério, a energia produzida é equivalente à combustão de 15 milhões de toneladas de petróleo.

Com informações das agências de notícias IANSSputinik