Mais lidas
Cotidiano

Jovem encontrado morto em rio foi vítima de latrocínio, afirma a polícia

.

Polícia acredita que o jovem foi vítima de latrocínio. (Foto - arquivo pessoal)
Polícia acredita que o jovem foi vítima de latrocínio. (Foto - arquivo pessoal)

Leonardo Zanetti, de 20 anos, encontrado morto em rio na quarta-feira (15) em Cianorte, Paraná (PR) foi vítima de latrocínio – roubo seguido de morte – de acordo com a Polícia Civil. Ele teria sido morto a pancadas já que seu corpo não apresentava nenhuma marca de disparo de arma de fogo.

O jovem estava desaparecido desde a última segunda-feira (13) quando saiu de casa pela noite e não deu mais notícias. A polícia já suspeitava que a vítima teria sido assaltada após ter encontrado seu carro abandonado em um matagal.

Na quinta-feira (16), as suspeitas se confirmaram após um jovem de 18 anos confessar o crime. Ele ainda afirmou que outras quatro pessoas (três homens e uma mulher) também participaram do assassinato.

Ele relatou ao delegado-chefe de Cianorte, Ítalo Cesar Sega, que o grupo saiu na intenção de roubar um carro e que durante a ação Zanetti teria olhado diretamente para um dos assaltantes. Com medo de ser reconhecido, o criminoso resolveu matar o rapaz. 

No depoimento, o jovem relatou que seu comparsa deu vários golpes de espingarda na nuca e cabeça da vítima até que a arma quebrasse. Ele também disse que não teve coragem de olhar a cena devido a crueldade. Após Zanetti entrar em óbito eles jogaram seu corpo no rio.

Além do jovem que confessou o crime, outras dois suspeitos, incluindo o que teria agredido a vítima - que nega a participação -, estão presos e a polícia tenta identificar os demais envolvidos.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber