Cotidiano

Astrônomo diz que asteroide vai atingir a Terra ainda hoje; NASA desmente

.

​Conforme cististas da NASA, o asteroide é escuro e reflete pouca luz por sua superfície e, logo, não oferece perigo ao nosso planeta - Foto: rayviolet2/imagem ilustrativa
​Conforme cististas da NASA, o asteroide é escuro e reflete pouca luz por sua superfície e, logo, não oferece perigo ao nosso planeta - Foto: rayviolet2/imagem ilustrativa

O auto proclamado astrônomo russo Dyomin Damir Zakharovich disse que o asteroide 2016WF9, descoberto pela Agência Espacial Norte-Americana (NASA) ainda em 2016, se colidirá ainda nesta quinta-feira (16) com a Terra, formando um enorme tsunami e levando todos os seres vivos à morte.

corpo celeste tem cerca de 1 quilômetro de diâmetro e, segundo a NASA à época, passará a cerca de 51 milhões de quilômetros de distância da Terra

"O objeto que chamam de WF9 deixou o 'sistema Nibiru' em outubro, quando Nibiru começou a orbitar o Sol no sentido horário. Desde então, a Nasa sabe que o corpo cesleste irá se chocar contra a Terra. Mas, não estão contando para ninguém", disse o "astrônomo", em entrevista ao jornal britânico "The Daily Mail".

NASA DESMENTE
A informação, entretanto, foi desmentida pela própria NASA. Conforme a agência, o asteroide é escuro e reflete pouca luz por sua superfície e, logo, não oferece perigo ao nosso planeta. "A trajetória do 2016WF9 é bem conhecida e o objeto não será uma ameaça à Terra pelos próximos milhares de anos", informou, em nota.