Mais lidas
Cotidiano

Professores do Paraná podem iniciar greve em fevereiro

.

APP-Sindicato vai realizar uma assembleia no próximo dia 11 de fevereiro para discutir se a categoria deve deflagrar greve - Foto: Nani Pivetta / APP
APP-Sindicato vai realizar uma assembleia no próximo dia 11 de fevereiro para discutir se a categoria deve deflagrar greve - Foto: Nani Pivetta / APP

Professores da rede estadual de educação do Paraná poderão iniciar nova greve após a recente Resolução divulgada pelo Governo do Paraná que altera a hora-atividade. A APP-Sindicato vai realizar uma assembleia no próximo dia 11 de fevereiro para discutir se a categoria deve deflagrar greve.

Conforme o secretário de comunicação da entidade, Luiz Fernando Rodrigues, uma reunião foi feita na semana passada e agora as regionais devem convocar os professores. “Nós deliberamos mobilizações durante toda essa semana e as 29 regionais vão convocar a categoria para um debate sobre essas decisões do governo”.

De acordo com Rodrigues, as decisões do Governo do Paraná ferem leis estaduais e municipais. “Nós já recebemos aproximadamente 16% menos do que o piso nacional estabelecido por lei. O Governo fere as leis estaduais e federais, por isso vamos entrar na Justiça pedindo a revogação dessa Resolução”.

Reposição
Também no dia 11 de fevereiro, a categoria deve discutir a data-base, com a reposição salarial da inflação que conforme a APP-Sindicato, não foi feita em 2016. “Também vamos definir sobre concurso público, pois hoje são 30 mil contratos temporários, ou seja, tem espaço para a contratação de mais professores”, completou o secretário de comunicação da APP.

Secretaria de Estado da Educação (SEED) do Paraná ainda não se manifestou sobre as articulações dos professores.

Com informações da APP - Sindicato

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber