Cotidiano

Operação deixa fiscalização contra contrabando mais rígida na Ponte da Amizade

Da Redação ·
A fiscalização na zona primária de fronteira ocorrerá por tempo indeterminado e diuturnamente - Foto: Divulgação
A fiscalização na zona primária de fronteira ocorrerá por tempo indeterminado e diuturnamente - Foto: Divulgação

Policiais militares do Batalhão de Fronteira (BPFron) e agentes da Receita Federal (RF) do Brasil iniciaram uma operação conjunta para combate ao contrabando e descaminho na Aduana da Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai.

continua após publicidade

A fiscalização na zona primária de fronteira ocorrerá por tempo indeterminado, onde condutores e passageiros de veículos serão abordados diuturnamente.

Desde sua criação, o BPFron trabalha em conjunto com outras Forças Policiais, com o objetivo de fiscalizar e impedir a entrada de ilícitos, tais como, armas, drogas, munições, medicamentos entre outros em território nacional.

continua após publicidade

Importância vital
Autoridades brasileiras afirmam que ação de fiscalização aduaneira é de vital importância para impedir a entrada destes produtos ilegalmente, e por isso esta e outras operações continuarão sendo executadas durante o ano de 2017.

As informações são dos órgãos envolvidos na operação