Mais lidas
Cotidiano

'Uber' para mortos viraliza na internet

.

O site do aplicativo Umer, para planejamento de cerimônias fúnebres, se propõe a oferecer as melhores opções de sepultamento ou cremação Fot: Umer
O site do aplicativo Umer, para planejamento de cerimônias fúnebres, se propõe a oferecer as melhores opções de sepultamento ou cremação Fot: Umer

Após a grande popularidade conquistada pelo  aplicativo de táxi Uber, os "clones" dele têm se multiplicado: há vários "apps" que ajudam usuários a contratar serviços em quase todas as esferas da vida, mas... não da morte. Entretanto, o diretor do serviço meteorológico russo Yandex.Pogoda, Dmitry Gueranin, criou um aplicativo que ajudará usuários a planejar sua cerimônia fúnebre ou a de um ente querido; o 'Umer'. A divulgação da proposta do aplicativo viralizou na internet.

Em entrevista à Agência de Notícias Sputinik/Mundo , o criador do aplicativo contou que preliminarmente pretendia chamá-lo como "Alguém morreu" ou "Papai morreu", mas decidiu diminuir o nome do app.

Conforme detalhou Gueranin, os familiares e amigos de um falecido terão a oportunidade de introduzir todos os detalhes e produtos necessários para o funeral. De acordo com ele, o 'Umer' vai assegurar alta qualidade dos serviços funerários e as empresas pouco confiáveis serão incluídas na "lista negra" do aplicativo.

O site do aplicativo para planejamento de cerimônias fúnebres contém um tipo de mensagem para reflexão: 'A morte de entes queridos abala qualquer um. Não podemos ajudar a lidar com esta perda, mas diremos quais documentos são precisos apresentar, sempre propondo as melhores opções de sepultamento ou cremação”. 

O aplicativo estará disponível na AppStore e na GooglePlay dentro de três meses. Atualmente, os criadores do app estão elaborando sistema de comunicação adequada e estão analisando a possibilidade de criação de ranking de empresas funerárias. Gueranin adiantou que para entrar no app, as empresas funerárias terão que pagar.

O criador do aplicativo acrescentou que os técnicos do 'Umer" também estão trabalhando na versão para computador. A promoção do projeto será efetuada através de uma estratégia viral de marketing e através do "boca a boca". "Vai ser muito fácil encontrar a gente. Mas não precisam instalar o aplicativo antes que alguém morra", brincou.

O próprio Gueranin investiu milhares de rublos neste projeto (100 mil rublos equivale a 1.700 dólares), por não ter encontrado investidores. Segundo ele, o negócio precisará de um ano de sepultamento para receber lucro com o aplicativo.

Desbravar mercados estrangeiros
O empresário também afirmou que deseja desbravar mercados estrangeiros: já está negociando com a Bielorrússia, Estônia e alguns outros países europeus sobre a possível saída do aplicativo em seus idiomas. No entanto, antes de tudo, ele quer observar como funcionará em seu próprio país, na Rússia.

As informações são da Agência de Notícias Sputinik/Mundo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber