Mais lidas
Cotidiano

Pesquisa de cientistas dos EUA confirma formação de supercontinente

.

Os continentes atuais (à esquerda) vão se fundir no supercontinente Amasia (direita), centrada sobre o Ártico - Ilustração: Mitchell et al., Nature
Os continentes atuais (à esquerda) vão se fundir no supercontinente Amasia (direita), centrada sobre o Ártico - Ilustração: Mitchell et al., Nature

Uma pesquisa realizada por cientistas da Universidade Yale, (EUA) e publicada pela revista Nature indica que entre 50 e 200 milhões de anos, todos os continentes atuais da Terra serão unidos em uma única massa terrestre em torno do Pólo Norte.

Geólogos explicam que tais transformações radicais no globo terrestre serão causadas pelo movimento das placas tectônicas. De acordo com a pesquisa, após a desintegração de um supercontinente, os continentes de afastam da sua posição inicial através do processo de subducção (afundamento de uma placa litosférica sob a outra).  

Conforme projeção dos estudiosos, na área chamada Círculo de Fogo do Pacífico vai se formar um continente potencialmente novo. E na sequência dos processos tectônicos que poderão ocorrer com o passar do tempo, os cientistas preveem a formação de um supercontinente chamado Amásia. Se isso acontecer, o local onde hoje se situa a capital peruana de Lima ficará bem perto da cidade de Nova York, completam o estudiosos.

Primeiro supercontinente
Um supercontinente formou-se pela última vez na Terra há 300 milhões de anos, quando todas as massas de terra se agruparam no Equador como Pangea, centradas sobre onde a África Ocidental está agora.

As informações são da Nature

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber