Cotidiano

Cálculo matemático aponta colapso para a humanidade em breve

.

Teoria capaz de prever a ascensão e queda das civilizações através de um simples cálculo matemático indica que a ​humanidade entrará em breve em colapso - Imagem ilustrativa: Pixabay
Teoria capaz de prever a ascensão e queda das civilizações através de um simples cálculo matemático indica que a ​humanidade entrará em breve em colapso - Imagem ilustrativa: Pixabay

Uma teoria capaz de prever a ascensão e queda das civilizações através de um simples cálculo matemático indica que a humanidade entrará em breve em colapso. Conforme Peter Turchin, professor da Universidade de Connecticut, a matemática pode não apenas explicar, mas também prever o comportamento humano. 

Turchin é o criador da chamada cliodinâmica, um ramo científico da ciência que estuda os processos histórico-sociais do longo prazo através de modelagem matemática. "O meu modelo [matemático] indicou que a instabilidade social e a violência política atingem seu ponto máximo nos anos de 2020", disse Turchin, citado pelo site Phys.org.

Indicador
O matemático russo-americano considerou que as recentes eleições presidenciais nos Estados Unidos são um indicador que confirma sua previsão. Turchin esclareceu, no entanto, que não é possível saber o que vai acontecer exatamente quando a instabilidade alcançar seu auge, pois sua teoria não prevê eventos, mas sim tendências.  

No entanto, o professor assegurou que suas previsões podem ajudar a humanidade a escapar de um destino sombrio, já que ao observar as tendências é possível interrompê-las a tempo e evitar que causem problemas irreversíveis à sociedade.

Stephen Hawking
Recentemente o astrofísico britânico Stephen Hawking também afirmou em artigo publicado no The Guardian que o nosso planeta passa atualmente por um ´momento perigoso`. 

Hawking destaca dois acontecimentos que abalaram o mundo nos últimos meses e fizeram com que o cientista inglês prestasse atenção à situação pela qual o nosso mundo passa atualmente. O Brexit e as eleições nos EUA, eis os eventos que, de acordo com cientista, expõem o momento em que há "um grito de raiva dos abandonados".