Cotidiano

Policial irritada com barulho atira contra festa e atinge mulher na cabeça

Da Redação ·
Imagem mostra momento em que  tiro atinge a vítima
Imagem mostra momento em que tiro atinge a vítima

Uma policial civil é investigada por tentativa de homicídio, no Paraná. Segundo a Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa, a investigadora estava irritada com o barulho de uma festa de confraternização e atirou em direção ao local, atingindo a cabeça de uma mulher. O fato ocorreu no dia 23 de dezembro, no Centro Cívico, em Curitiba. A vítima permanece internada em estado grave e corre risco de morrer.

continua após publicidade

A investigadora se apresentou na última segunda-feira (26). De acordo com a polícia, ela disse que  mora em uma casa próxima ao local da confraternização e alegou que já era quase uma da manhã e o barulho não parava. Ela contou ainda que tinha jogado até algumas bombinhas de fogos de artifício para fazer com que eles parassem, mas eles não pararam e ela se irritou.

Como a investigadora se apresentou espontaneamente e fora do período de flagrante ela fui ouvida e liberada.