Cotidiano

Rússia adota precauções para apagão geral de conexão da Internet 

Da Redação ·
O governo russo confirmou que está se preparando para um possível corte geral de conexão da Internet - Foto: Alexandr Kryazhev / RIA Novosti
O governo russo confirmou que está se preparando para um possível corte geral de conexão da Internet - Foto: Alexandr Kryazhev / RIA Novosti

governo russo confirmou nesta semana que está se preparando para um possível corte geral de conexão da Internet. Medidas urgentes estão sendo adotadas para assegurar o funcionamento normal da rede russa, em qualquer situação.

continua após publicidade

O anúncio foi feito pelo conselheiro do presidente russo para espaço cibernético, Herman Klimenko, em entrevista ao canal RT. Na opinião dele, a Rússia precisa aprovar uma nova lei que visa defender a infraestrutura da Internet de eventual ataque de hackers proveniente de outros países. 

O documento prevê que a infraestrutura ligada ao funcionamento correto do espaço cibernético nacional deve ser instalada na Rússia.  A medida objetiva prevenir possíveis ataques contra entidades russas, como aconteceu com o Banco Central russo.

continua após publicidade

"Hackers podem se infiltrar em bases de dados de bancos privados e efetuar roubo. É muito ruim, mas caso eles penetrem nos sistemas do Banco Central, o problema será ainda maior", avalia Klimenko.  

De acordo com o conselheiro, anteriormente, vários sócios ocidentais desconectaram a Crimeia dos serviços da Google e Microsoft. Como consequência, os proprietários dos domínios na Crimeia perderam em um instante tudo o que criaram. 

Klimenko adverte que a Rússia tem que estar preparada para um cenário no qual seja desconectada da rede global. O conselheiro acha importante que o país se proteja de ameaças desse tipo para assegurar o segmento russo da Internet e garantir o "funcionamento dos e-mails, telefones e redes sociais".  

continua após publicidade

Ele acrescenta que as infraestruturas cruciais, inclusive a "cópia" dos domínios russos, devem ser instaladas na Rússia para que não sejam sujeitas a ataques e cortes. 

70% do software de entidades governamentais provêm do exterior
Segundo dados do Ministério das Telecomunicações russo, 70% do software de entidades governamentais provêm do exterior, sendo apenas 30% russo.  Atualmente, o mercado russo compra 60% do software nacional e 40% do exterior, finaliza Klimenko.

As informações são da agência de notícias Sputinik