Cotidiano

Prefeito eleito no PR vítima de atentado a tiros morre em hospital

Da Redação ·
O prefeito eleito de Piên, Loir Drevek, foi alvo de atentado na quarta-feira e morre neste sábado, no hospital - Foto: Divulgação
O prefeito eleito de Piên, Loir Drevek, foi alvo de atentado na quarta-feira e morre neste sábado, no hospital - Foto: Divulgação

O prefeito eleito de Piên (sul do Paraná), Loir Dreveck (PMDB), morreu neste sábado (17), no Hospital São José, em Jaraguá do Sul (Santa Catarina). Loir estava internado desde a última quarta-feira (14), quando foi ferido a tiros na cabeça.

continua após publicidade

A informação sobre a morte do político foi confirmada em redes sociais pela própria esposa de Dreveck e reiterada pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Piên. “Foi uma multidão de pessoas amigas rezando pelo Loir e por todos nós da família. E agora é com o coração sangrando que informo que o meu Loir Dreveck, o nosso prefeito já se encontra na presença de Jesus”, postou Patricia Dreveck.

O atentado  
Loir Dreveck, de 52 anos, foi baleado na última quarta-feira, quando viajava de Piên para Itajaí (município catarinense) em um veículo da Prefeitura de Piên.

continua após publicidade

O motorista do carro relatou que um motociclista passou pelo automóvel e observou os passageiros. Em seguida, atirou duas vezes contra Dreveck, que foi ferido com dois tiros na cabeça. Outro tiro acertou a lataria do carro. O atirador ainda teria olhado para trás para verificar se a vítima estava ferida.

Além do motorista e do prefeito eleito, estavam no carro sua esposa, Patricia Dreveck, e as duas filhas do casal. Drevek foi levado de carro até o hospital em São Bento do Sul (Santa Catarina) e na tarde do mesmo dia foi transferido para Jaraguá do Sul.

A polícia ainda não divulgou informações mais detalhadas sobre as investigações relativas ao crime.