Cotidiano

Nasa se une a Stephen Hawking em projeto de nave para chegar a outro sistema estelar

Da Redação ·
NASA e Stephen Hawking se uniram para lançar uma pequena sonda StarChip em direção a Alpha Centauri  - Foto: NASA
NASA e Stephen Hawking se uniram para lançar uma pequena sonda StarChip em direção a Alpha Centauri - Foto: NASA

A NASA confirmou recentemente que vai dar apoio técnico e científico ao ao Projeto Breakthrough Starshot, coordenado pelo atrsofísico britânico Stephen Hawking e co-patrocinado pelo bilionário russo Yuri Milner. A união de propósitos visa lançar uma pequena sonda StarChip em direção a Alpha Centauri, em outro sistema estelar, a uma velocidade equivalente a um quinto da velocidade da luz, acelerada por lasers emitidos da Terra.

continua após publicidade

Se o projeto for bem-sucedido, a nave chamada “StarChip” chegara ao sistema estelar Alpha Centauri, o mais próximo da Terra. A viagem para chegar a ele, porém, será longa. Serão gastos 20 anos, mesmo em altíssima velocidade, para chegar a Centauri. As informações são do jornal The Independent.

A colaboração da NASA ao Projeto Breakthrough Starshot está diretamente ligada ao conhecimento e a tecnologia que permite à StarChip aguentar a radiação durante a viagem. O chip de silício vai viajar, graças aos lasers, a cerca de 215 milhões de quilômetros por hora.  Alpha Centauri é a estrela mais próxima do Sistema Solar, a 4,4 anos-luz de distância. 

continua após publicidade

Nasa se une a Stephen Hawking em projeto de nave para chegar a outro sistema estelar fonte: Reprodução

O problema é que, com a tecnologia atual, essa viagem duraria milhares de anos. No entanto, a proposta de Hawking abraçada pela NASA poderia reduzir a viagem a apenas 20 anos, alcançando cerca de 216 milhões de quilômetros por hora. "Para que um dia a humanidade possa viajar para algum lugar além do nosso Sistema Solar, é necessário um salto em tecnologia. E este salto agora está um pouco mais perto da realidade, já que a NASA anunciou que vai colaborar conosco", disse Hawking. 

Mira em questão problemática
envolvimento da NASA no projeto mira uma questão problemática do Starchip. Para que o chip possa ser acelerado a tais velocidades, ele precisa ser incrivelmente leve, pesando apenas alguns gramas. No entanto, aí entra o outro desafio: para realizar a viagem, ele precisa ser protegido contra a radiação, só que um escudo para proteção multiplicaria o peso do objeto, inviabilizando o processo. 

continua após publicidade

Por essa razão, os cientistas estão se dedicando intensivamente à análise da questão para viabilizar a chegada da sonda a Alpha Centauri.

Com informações do The Independent