Cotidiano

Rússia afirma ter criado pomada que deixa militares 'invisíveis' 

Da Redação ·
Forças Armadas russas receberam nesta semana os primeiros lotes de uma pomada de camuflagem - Foto: TASS / Sergei Savostianov
Forças Armadas russas receberam nesta semana os primeiros lotes de uma pomada de camuflagem - Foto: TASS / Sergei Savostianov

As tropas das Forças Armadas russas receberam nesta semana os primeiros lotes de uma pomada de camuflagem que os torna praticamente invisíveis para os armamentos com mira e sensores infravermelhos e câmeras, conforme o jornal russo Izvestia. 

continua após publicidade

A pomada  Tuman-R ("nevoeiro", em russo), ainda sem qualquer produto similar, não só absorve a radiação infravermelha, mas também tem características medicinais. Desta forma , o produto acelera o processo de cicatrização, acrescenta a matéria do Izvestia. 

De acordo com especialistas, em comparação com os remédios análogos ocidentais, a substância de produção russa não contém toxinas e não irrita a pele.  "Os produtores afirmam que, ao ser passada na pele, a pomada Tuman-R pode absorver até 95% da radiação infravermelha produzida pelo corpo humano, preservando suas caraterísticas ao longo de duas semanas após ser aplicada", detalha o Izvestia.  

continua após publicidade

Facilidade para retirar
Por conta dessa propriedade, a substância sem similar pode ser retirada com facilidade — basta usar um pano molhado. O representante oficial da empresa produtora Stroitelnye Materialy, Yuri Klenov, afirmou que, durante uma série de testes, foi constatado que a pomada não provoca reações alérgicas e até serve de repelente de insetos.  A Tuman-R consiste de um conjunto de três tubozinhos com uma pasta negra, marrom e verde. 

Com informações do Izvestia