Cotidiano

Suspeito de se identificar como policial e matar jovem com 18 tiros é preso 

Da Redação ·
Suspeito foi preso na manhã desta quinta-feira (24). Foto: Polícia Civil
Suspeito foi preso na manhã desta quinta-feira (24). Foto: Polícia Civil

Um jovem de 21 anos, suspeito pelo crime de homicídio que vitimou Maike da Silva, também de 21 anos, ocorrido no mês de outubro deste ano, foi preso na manhã desta quinta-feira (24), em sua casa, localizada no bairro Vila Rosa. 

continua após publicidade

O trabalho foi realizado pela equipe da 18ª Subdivisão Policial (SDP) de Telêmaco Borba. Segundo informações levantadas pelos investigadores, Silva foi morto em sua própria casa, no bairro São Silvestre, quando três homens armados entraram no local identificando-se como policiais e dispararam mais de 15 tiros contra ele. 

O trio estava em posse de pistolas de calibre 380 e ponto 40.A vítima estava na cama com a esposa e filho, que presenciaram toda a cena. A polícia trabalha com a hipótese de que o crime tenha ocorrido devido uma disputa de gangues envolvida com o tráfico de drogas na região. 

continua após publicidade

“O suspeito e a vítima eram amigos até os grupos se dividirem”, informa o delegado-titular da unidade, Nilson Rodrigues da SilvaO delegado ressalta também que as investigações continuam com o intuito de identificar os demais envolvidos com o crime e posteriormente realizar a prisão dos suspeitos, bem como encontrar e apreender as armas utilizadas no fato. 

O jovem responderá por homicídio qualificado. Ele está preso no Setor de Carceragem Temporária da 18ª SDP, onde aguarda à disposição da Justiça.