Cotidiano

Jornalistas são agredidos durante cobertura de duplo homicídio no PR

Da Redação ·

Dois jornalistas acabaram agredidos e o veículo de uma emissora foi apedrejado durante reportagem sobre uma situação de duplo assassinato e lesão corporal provocada por projétil de arma de fogo na noite deste sábado (12), na Rua Rosi Lopes Collere, no bairro Capão da Imbuia, em Curitiba. O tumulto começou com desentendimento entre moradores nas mediações do local do crime e alguns profissionais de imprensa. Policiais militares precisaram intervir para colocar fim à confusão.

continua após publicidade

O Duplo assassinato
Ocupantes de um carro não identificado que passaram pelo local, se identificaram como policiais deram  vários disparos,matando dois homens e deixando um gravemente ferido. Cristiano Simionato, de 30 anos, o Batata, e Cledir Ribeiro da Silva morreram no local. Simionato tinha passagens por tráfico de drogas. A terceira vítima ferida foi identificada apenas como Tico Tico.

22 tiros
Simionato levou pelo menos que 22 tiros e Cledir quatro. Após o crime, os atiradores embarcaram em uma Parati e fugiram rumo ignorado. Eles estavam encapuzados e as testemunhas têm poucas informações sobre os suspeitos.

continua após publicidade

Jornalistas são agredidos durante cobertura de duplo homicídio no PR fonte: Reprodução

Conforme a Polícia Militar, o único sobrevivente, identificado apenas como Paulo, foi levado ao Hospital Cajuru em estado grave. Os corpos das vítimas ftais foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa instaurou inquérito  e iniciou investigações para apurar a autoria e motivação do duplo homicídio.

Com informações dos portais Banda BMassanews