Cotidiano

Homem mata ex-mulher a pauladas com ajuda de amigos e depois ateiam fogo no corpo

Da Redação ·
Mulher foi brutalmente assassinada pelo seu ex-marido e mais três amigos dele. (Foto - Divulgação - Polícia Civil)
Mulher foi brutalmente assassinada pelo seu ex-marido e mais três amigos dele. (Foto - Divulgação - Polícia Civil)

Um rapaz de 19 anos foi preso e outros três homens seguem foragidos após matarem uma mulher de 46 anos a pauladas e atearem fogo no corpo, em Bocaiúva do Sul, região metropolitana de Curitiba, no Paraná (PR). O ex-marido da vítima é apontado como um dos assassinos e está sendo procurando pela polícia.

continua após publicidade

Célia Valentin, de 46 anos, estava desaparecida desde o dia 2 de novembro quando foi vista pela última vez em um bar da cidade, na companhia do ex. Na segunda-feira (07), a Polícia Civil chegou até Alessandro Nebesniaki Ribeiro, um dos suspeitos, que acabou confessando o assassinato e relatou detalhes do crime. 

Ele contou que esteve no mesmo bar junto com a vítima, o ex-marido dela, João Paulo Rocha, de 29 anos, e outros dois amigos, Cleverson Luiz Farias, 36 anos e Joel Pires da Silva, 25 anos.De lá, o grupo seguiu até a casa de Cleverson, onde após uma discussão acabaram matando Célia a pauladas. Eles ainda atearam fogo no corpo dela e depois usaram um rastelo para triturar seus ossos, a fim de dificultar qualquer identificação.

continua após publicidade

Vizinhos da residência, onde a vítima foi morta, testemunharam que ouviram gritos de desespero da mulher enquanto ela era agredida. 

Os restos mortais de Célia foram recolhidos e encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para análise de DNA.

O jovem está preso e não soube informar o paradeiro dos demais suspeitos. A Polícia Civil continua a busca pelos foragidos.

(Com informações - Catve)