Cotidiano

Ativistas planejam 'beijaço' para protestar contra evento de ‘cura gay’

Da Redação ·
Foto: syslegis.com.br/imagem ilustrativa
Foto: syslegis.com.br/imagem ilustrativa

Para protestar contra o 13º Congresso Nacional do Exodus Brasil sobre Sexualidade Humana, a ser realizado na Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba, no dia 18 de novembro, ativistas da comunidade Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Transgêneros e Simpatizantes (LGBTS) planejam um ‘beijaço gay’ em frente ao local do evento. 

continua após publicidade

O congresso é destinado a integrantes dos “ministérios de ajuda” da denominação evangélica e tem a finalidade de capacitá-los a praticar a “cura” do homossexualismo.  Para divulgar o ‘beijaço’ foi criado um grupo na rede social Facebook. 

De acordo a descrição da página, “o evento religioso é incentivado a levar pessoas que são homossexuais e estão nas igrejas a se condenarem por acreditarem que vão para o Inferno por seus desejos. Haverá ministração de cura e libertação, em busca de uma ‘sexualidade sadia heterossexual’ ”, relata o texto.

continua após publicidade

Homofóbico?
Mas para os ativistas, o evento não é religioso, mas sim homofóbico. “É lamentável viver num mundo onde as pessoas ainda usam textos religioso para justificar seus preconceitos. Isso é homofobia, não é cristianismo prezando pelos valores de Deus, é preconceito disfarçado de religião. Passado de uma geração para a outra, a intolerância continua”, finaliza a descrição no Facebook.

Com informações do portal Banda B