Cotidiano

Motorista de ônibus diz que caminhão invadiu a pista 

Da Redação ·
Motorista diz que caminhão invadiu a pista. Foto: Alan Medeiros / RPC
Motorista diz que caminhão invadiu a pista. Foto: Alan Medeiros / RPC

O motorista do ônibus que se envolveu em acidente no começo da semana, resultando na morte de 21 pessoas, na PR-323 em Cafezal do Sul, no Paraná, alegou nesta sexta-feira (4) que o caminhão-tanque invadiu a pista contrária na curva. 

continua após publicidade

A colisão ocorreu na manhã de segunda-feira (31), e provocou um incêndio. Vinte pessoas morreram carbonizadas no local e uma faleceu no hospital. Ele e a Polícia Civil deram entrevista nesta sexta. Bruno Teixeira Ferrarini está entre os sobreviventes da tragédia. Ele deixou o hospital na quinta-feira (3). Outras quatro pessoas continuam internadas. O ônibus dirigido por Ferrarini saiu de Altônia e seguia com pacientes - e acompanhantes – que fariam cirurgia de catarata em Umuarama. 

Motorista de ônibus diz que caminhão invadiu a pista  fonte: Reprodução
continua após publicidade

“O caminhão invadiu a pista desde o começo da curva. Graças a Deus estou aqui para contar para vocês o que realmente aconteceu. Infelizmente o caminhão invadiu o meu lado. O motorista pode ter dormido. Eu estava praticamente com a roda direita no acostamento e automaticamente puxei para a esquerda. Em momento nenhum eu perdi a noção. Vi tudo”, afirmou o motorista. 

O delegado Adailton Ribeiro Júnior, que investiga o caso informou que tem 30 dias para concluir o inquérito e constatar a causa do acidente. O prazo pode ser prorrogado.