Cotidiano

Cientistas confirmam existência de espécie humana desconhecida  

Da Redação ·
Melanésios podem ser a evidência de uma espécie desconhecida de hominídeo - Foto:  Australian Department of Foreign Affairs and Trade/Sputinik
Melanésios podem ser a evidência de uma espécie desconhecida de hominídeo - Foto: Australian Department of Foreign Affairs and Trade/Sputinik

Exames de DNA dos melanésios (nordeste da Austrália) revelam provas da existência de uma espécie humana até então desconhecida, conforme resultado de pesquisa científica na área de genética publicado na revista Science News. 

continua após publicidade

"Habitantes da Melanésia, uma região no sul do Pacífico que abrange a Papua Nova Guiné e as ilhas vizinhas, carregam evidências genéticas de uma espécie desconhecida de hominídeo", afirmou Ryan Bohlender, geneticista da Universidade do Texas, EUA, durante reunião anual da Sociedade Americana de Genética Humana (ASHG).  

Terceiro ramo
Segundo o pesquisador, esta misteriosa espécie surgiu, supostamente, a partir de um terceiro ramo da árvore genealógica dos hominídeos que produziu os Neanderthais e os hominídeos Denisova, um primo distante extinto dos Neanderthais. Os Denisovas são conhecidos apenas a partir do DNA de um osso do dedo e um par de dentes achados em uma caverna na Sibéria. "A história humana é muito mais complicada do que nós pensávamos", enfatizou Bohlender. 

continua após publicidade

Com informações do portal da Agência de Notícias Sputinik