Cotidiano

Morre 21ª vítima do acidente entre ônibus e caminhão-tanque 

Da Redação ·
Veículos ficaram destruídos pelo fogo. Foto: Divulgação/Bombeiros
Veículos ficaram destruídos pelo fogo. Foto: Divulgação/Bombeiros

Mais uma vítima do acidente entre um ônibus e um caminhão-tanque, ocorrido no início da semana em Cafezal do Sul, faleceu na noite de quarta-feira (2). Vinte pessoas morreram no local. Claudete Marcato tinha 51 anos estava no coletivo que seguia rumo a Umuarama. Ela estava internada no Hospital Universitário de Londrina com 25% do corpo queimado, mas não resistiu. 

continua após publicidade

O corpo de Claudete será velado e sepultado em Altônia, também no noroeste do estado, onde ela morava com a família. Outros nove sobreviventes continuam internados no hospital. 

Apenas duas vítimas do acidente - dentre os quais o motorista do caminhão - foram reconhecidas até o momento. Segundo o Instituto Médio Legal (IML) outros 18 corpos aguardam exame de DNA para liberação. Segundo a Polícia Científica não há condições de identificá-los por impressão digital ou arcada dentária. O material genético de familiares de todos os mortos já foi coletado. 

continua após publicidade

Morre 21ª vítima do acidente entre ônibus e caminhão-tanque  fonte: Reprodução

Acidente
Vinte pessoas morreram após a colisão entre um ônibus e um caminhão-tanque, na manhã da última segunda-feira (31), na PR-323, região de Cafezal do Sul.  O coletivo levava pacientes para um hospital em Umuarama.

Um vídeo gravado por um motorista que passou pelo trecho logo após a colisão mostra a gravidade do acidente.