Cotidiano

Movimento orienta estudantes a reocuparem colégios no Paraná

Da Redação ·
No meio da tarde manifestantes bloquearam o cruzamento das ruas Inácio Lustosa e João Manoel, em Curitiba - Foto: Movimento Ocupa Paraná/Facebook
No meio da tarde manifestantes bloquearam o cruzamento das ruas Inácio Lustosa e João Manoel, em Curitiba - Foto: Movimento Ocupa Paraná/Facebook

O Movimento Ocupa Paraná divulgou nota em sua página no Facebook na tarde desta terça-feira orientando a reocupação das escolas no Estado. O argumento para a decisão é a “falta de diálogo” com o governo, que, segundo os alunos, teria cortado o fornecimento de energia elétrica e água no Núcleo Regional de Educação (NRE), no bairro São Francisco, em Curitiba. 

continua após publicidade

A situação na sede do NRE na Capital do Paraná ficou tensa nesta tarde. Policiais militares foram para o local e impediram que mais manifestantes entrassem no prédio para levar água e comida aos que ocupam o espaço desde ontem (31). Alguns manifestantes discutiram com os policiais militares. 

No meio da tarde os estudantes bloquearam o cruzamento das ruas Inácio Lustosa e João Manoel, onde fica o núcleo, durante 15 minutos. Eles também fizeram um cerco ao prédio, para protestar contra a intervenção policial.

continua após publicidade

Conforme Secretaria de Estado de Educação (Seed), dois andares do prédio estão ocupados. Por essa razão, os servidores não estão trabalhando e alguns serviço estão prejudicados.

575 colégios desocupados
Conforme a Seed, 575 colégios estaduais já foram desocupados e 256 permanecem com estudantes nas dependências. A secretaria adiantou que, caso as escolas sejam reocupadas, será pedida novamente a reintegração de posse.