Cotidiano

Partido Pirata vence eleições na Islândia

Da Redação ·
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Uma coligação política liderada pelo Partido Pirata venceu as eleições legislativas na Islândia por uma margem mínima, conforme a televisão estatal. Agora o partido é a segunda força política do país.

continua após publicidade

Conforme a agência France Press, que cita as estimativas da televisão pública islandesa RUV, os ‘Piratas’, que encabeçam uma coligação de centro-esquerda, conseguiram eleger 12 deputados para as 63 vagas disponíveis no parlamento da Islândia.

Fundado por ativistas em 2012, o Partido Pirata aliou-se nas eleições legislativas antecipadas de sábado a três outros partidos de esquerda: Esquerda-Verdes, Sociais-Democratas e o Movimento Futuro Brilhante.

continua após publicidade

Direita
Do lado das forças políticas à direita que governam a Islândia desde 2013, o Partido da Independência (conservador), foi o mais votado, tendo conquistado 19 lugares. Já o Partido do Progresso (centro-direita) conquistou seis assentos no parlamento. Juntos conseguiram 25 mandatos, ficando atrás da coligação de esquerda.